Após a derrota por 3 a 2 para o Náutico, neste domingo (24), pela terceira rodada do Brasileirão, o zagueiro Antônio Carlos, capitão do Atlético Paranaense, afirmou que o time ainda precisa evoluir. "Hoje, mais uma vez, pecamos no segundo tempo e tomamos um gol no contra-ataque", disse.

O zagueiro considerou que ninguém pode ser culpado individualmente pelo resultado. "Vão falar que a culpa é do Galatto, mas ela é de todo mundo. Temos que dar força para ele. E temos que melhorar, pois se continuarmos assim, vai afunilar e vai ser difícil de recuperar. A gente não pode mais cometer esses erros", afirmou.

Foi perguntado ao zagueiro se o fato do Furacão ter a equipe mais jovem do campeonato não influenciou no resultado e Antônio Carlos afirmou que não faz sentido. "Não podemos culpar nenhum jovem, o que temos que fazer é nos unir para fazer um Atlético mais forte e começar a fazer ponto", disse.

Para o volante Rafael Miranda o diálogo é importante para a equipe se recuperar no campeonato. "Temos que tentar manter o nível de atenção durante toda a partida e, para consertar, temos que conversar. Tomamos um gol muito rápido e desconcentramos. Se tivéssemos confiantes teríamos mantido o resultado. Nós precisamos de equilíbrio e confiança", falou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]