i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
justiça

Dívida milionária põe sob risco de penhora venda de Johnny Lucas pelo Paraná

  • PorJulio Filho
  • 05/02/2019 15:31
 | /Gazeta do Povo
| Foto: /Gazeta do Povo

A empresa BASE, ex-parceira das categorias de base do Paraná, cobra R$ 7,7 milhões do clube na Justiça. Caso o Tricolor não pague o valor estipulado, a BASE pede a penhora da eventual venda do volante Jhonny Lucas, que deve acertar com o Braga, de Portugal.

O pedido da empresa foi protocolado pela Terceira Vara Cível de Curitiba dia 8 de janeiro. O Paraná tem 15 dias para se manifestar.

Vale lembrar que o Paraná mantém um acordo com a Justiça Trabalhista, chamado Ato Trabalhista, que prioriza o pagamento de dívidas trabalhistas do clube, em detrimento de ações cíveis, por exemplo, como a da BASE.

A BASE ainda pede que, caso o Paraná não possa quitar o débito, que esta recaia sobre o presidente Leonardo Oliveira e o dirigente Luiz Carlos Casagrande, o Casinha, com base em dispositivos previstos no Profut.

>> TABELA: veja os grupos e todos os jogos da Libertadores 2019

>> MERCADO DA BOLA 2019: confira o vai e vem do seu clube no mercado

O Paraná faz mistério quanto à venda de Jhonny. O presidente Leonardo Oliveira ficou três semanas na Europa para negociar o atleta, visto como a salvação financeira do clube em 2019. Especula-se que o Tricolor fechou acordo com o Braga no valor de 3,5 milhões de euros, cerca de R$ 15 milhões.

Segundo a ação da BASE, o Paraná detém 71% dos direitos econômicos do prata da casa. A reportagem buscou contato com a diretoria do Paraná. Via assessoria de imprensa, o clube afirmou que não comentaria o caso. Renê Bernardi, proprietário da BASE, também preferiu não comentar.

Em 2008, Paraná e BASE firmaram contrato de parceria de 12 anos para as categorias de base tricolores. A empresa fez aportes, previstos em contrato, no valor de R$ 4 milhões. O acordo foi rompido unilateralmente pelo Tricolor em 2014, com a BASE indo cobrar o clube na Justiça no valor de R$ 10 milhões, relativos à multa rescisória prevista contratualmente.

Em janeiro de 2016, empresa e Tricolor entraram em um acordo. O Paraná se dispôs a pagar R$ 5 milhões para encerrar a disputa jurídica. Na época principal investidor do clube, o empresário Carlos Werner ficou responsável pelo pagamento de R$ 2 milhões, enquanto o Tricolor deveria arcar com os outros R$ 3 milhões.

De acordo com o pedido da BASE em 8 de janeiro, Werner já quitou a sua parte do acordo judicial com a empresa. Vale lembrar que, em 2017, o investidor rompeu com o presidente Leonardo Oliveira e deixou de aportar dinheiro no Tricolor.

Por outro lado, a BASE argumenta que o Paraná deixou de cumprir a sua parte da dívida, tendo vencido no dia 31 de dezembro de 2018 o prazo para pagamento. Diante disso, a BASE cobra agora do Paraná o valor total, acrescido de cláusula penal compensatória e encargos de contrato, de R$ 7,7 milhões.

**

Notícias do Paraná Clube

Você pode receber mensagens instantâneas, via WhatsApp, para ficar bem informado sobre tudo o que vai acontecer no Paranaense, Copa do Brasil, Série B e até alguns dos piores momentos dos rivais – assim como vídeos e fotos exclusivas de jogos e treinos.Para receber diariamente as principais notícias, resultados e classificação, basta seguir os passos abaixo. É muito simples. Junte-se a nós na lista de transmissão de notícias Meu Tricolor. Seja bem-vindo ao nosso grupo!

**

Grupo de WhatsApp futebol

O futebol no seu celular. Você pode receber mensagens instantâneas, via WhatsApp, para ficar bem informado sobre tudo o que vai acontecer nos principais clubes do país. Para receber diariamente as principais notícias, resultados e classificação, basta seguir os passos abaixo. É muito simples. Junte-se a nós no Brasileirão 2018!!! Seja bem-vindo ao nosso grupo!

*

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.