i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Finanças

Estadual sem TV e salários atrasados travam planejamento do Paraná para 2020

  • PorTribuna do Paraná
  • 03/12/2019 17:49
Presidente Leonardo Oliveira ainda tenta pagar salários atrasados de 2019
Presidente Leonardo Oliveira ainda tenta pagar salários atrasados de 2019| Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo

Com o fracasso em conquistar o acesso na Série B, o Paraná já pensa em 2020, mas ainda precisa resolver as pendências deste ano. A diretoria procura recursos para pagar salários atrasados e projetar a próxima temporada.

“Não tem nada definido. Quando a gente fala de ciclo, de fechar uma conta para abrir outra, a nossa vontade é resolver o quanto antes. Algumas coisas estão sendo resolvidas internamente para depois passar para vocês”, declarou o executivo de futebol, Alex Brasil.

O dirigente foi vago e não especificou os temas, mas o principal é conhecido: salários atrasados. O clube deve os meses de setembro e outubro para o elenco. Há jogadores que não receberam agosto. Além disso, o Tricolor ainda tem que pagar novembro, dezembro, 13º e férias, que ainda não venceram.

A situação, de acordo com a apuração da reportagem, é crítica. Os jogadores receberam a informação que o clube ainda não sabe de onde vai tirar recursos para o pagamento dos débitos salariais. Há somente a promessa de pagamento neste mês para as festas de final de ano, mas ninguém especificou quantos meses. A expectativa mais realista é de apenas um mês seja quitado.

Em janeiro, o clube espera ter um pouco de alívio. Para o início de 2020 está programado o pagamento da segunda parcela da venda do volante Jhonny Lucas para o Sint-Truidense, da Bélgica. A primeira foi paga em agosto. O jogador foi vendido por 2,3 milhões de euros (R$ 10,3 milhões, na cotação atual).

Esse recurso, contudo, está longe de resolver o problema de caixa do Paraná. O Estadual, até agora, não tem acordo com nenhuma emissora de televisão. Mesmo que haja um acerto, a quantia será pequena. Os valores atuais de patrocínios na camisa também são baixos.

Assim, a esperança paranista tem que ser a Copa do Brasil, competição que se mostra mais rentável. Neste ano, o Tricolor caiu na segunda fase nos pênaltis para o Londrina e arrecadou apenas R$ 1,1 milhão (R$ 525 mil pela participação e mais R$ 625 mil por ter chego à segunda eliminatória). Se avançasse, receberia mais R$ 1,1 milhão. A terceira e quarta fase pagam R$ 1,4 milhão e R$ 1,8 milhão, respectivamente.

Uma alternativa que também pode render algum retorno para os cofres é a exposição de atletas. A direção estuda emprestar alguns jogadores com contratos para mercados mais atrativos. Se forem bem, podem ser negociados. Se não chegarem a esse ponto, retornam com mais experiência.

Paralelo a tudo isso, o presidente Leonardo Oliveira, abandonado na cúpula, ainda tem que resolver o comando técnico: encontrar o substituto de Matheus Costa, anunciou sua saída do clube nesta terça-feira (3). O executivo Alex Brasil, que tem vínculo até o fim do Estadual, não confirmou ainda se fica no clube.

Vale lembrar que o próprio presidente paranista recebe remuneração de R$ 25 mil mensais por atuar como administrador das dívidas do clube em um acordo feito com a Justiça do Trabalho.

3 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 3 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • L

    Luciano R. Ayres

    ± 3 horas

    Infelizmente, as más administrações mataram o Paraná, que tinha tudo para ser grande, hoje um clube insolvente praticamente, vendendo e torrando o seu patrimônio para pagar contas intermináveis, o dinheiro se vai e as contas ficam, aliás não acham que tem um cheiro de podre nisso? Mas, não é problema meu. O Paraná aos poucos vai deixar de existir se continuar nesse rumo, assim como o União de Bandeirantes, Matsubara, Primavera e outros tantos clubes do futebol paranaense que foram se apagando, e hoje só existe histórias para serem contadas.

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • J

      José Maciel Pereira

      ± 15 horas

      Infelizmente o futuro que se avizinha ao nosso Paraná é negro. Cheio de dívidas e sem mais nada para alienar (vender), já que todo o patrimônio que dispunha já se foi, o que nos resta é acreditar que dentro de mais algum tempo, não muito distante, receberemos a notícia da falência e do encerramento das atividades por não ter mais condições de seguir em frente. Que triste fim do nosso Paraná que nasceu gigante e amedrontando nossos co-irmãos e agora se encontra nesta situação.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • D

        Diogenes Queiroz

        ± 18 horas

        E se não vender o Jhony Lucas? É a velha prática já conhecida por gestões ruins anteriores de contar com o ovo dentro da galinha. É tão dificil assim fazer um planejamento que caiba dentro do orçamento do clube?

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        Fim dos comentários.