Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Juninho Quixadá comemora o gol da vitória do Ceará. | /André Rodrigues/Gazeta do POvo
Juninho Quixadá comemora o gol da vitória do Ceará.| Foto: /André Rodrigues/Gazeta do POvo

O Paraná Clube perdeu o confronto direto para o Ceará por 1 a 0, neste domingo (5), na Vila Capanema, pela 17.ª rodada e foi jogado para a lanterna do Brasileirão pela equipe cearense. O gol foi marcado pelo meia Juninho Quixadá, aos 14 minutos do primeiro tempo. O resultado complica a situação do Tricolor na Série A.

A equipe de Rogério Micale soma apenas 13 pontos, venceu apenas três jogos e tem o pior ataque da competição com oito gols marcados. A torcida protestou no final com gritos de vergonha e “fora Micale”.

>> TABELA BRASILEIRÃO 2018: confira os resultados e próximos jogos

Nervoso e afobado, o Tricolor foi com tudo ao ataque desde o início de jogo. Mas o Ceará do técnico Lisca e do zagueiro Eduardo Brock, dois personagens da campanha do acesso no ano passado, se aproveitou da desorganização paranista. O gol de Juninho Quixadá deu ares mais dramáticos ainda ao duelo. Mas a falta de qualidade ficou nítida no confronto e os gols perdidos irritaram a torcida.

Diante de muitos protestos da torcida, a maioria dos jogadores preferiu não dar entrevista na saída do gramado. “Já foi falado tudo. Temos que parar de falar e colocar em prática o que treinamos”, desabafou o meia Maicosuel, que fez sua reestreia no Paraná.

Na próxima rodada, o Paraná recebe o Botafogo, domingo (12), às 11h, na Vila Capanema.

Veja imagens do jogo:

Confira o lance a lance e a ficha técnica de Paraná x Ceará

***

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]