Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Paraná Clube
  4. Presidente do Paraná garante acordo com fornecedora de material esportivo até 2019

marketing

Presidente do Paraná garante acordo com fornecedora de material esportivo até 2019

  • Vinicius Cordeiro Especial para a Gazeta do Povo
 | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Paraná terá o contrato com a Topper mantido até maio de 2019. A informação foi dada pelo presidente Leonardo Oliveira à Gazeta do Povo .

Em novembro do ano passado, cogitou-se o fim da parceria do Tricolor com a fornecedora. Na ocasião, a empresa traçou um novo posicionamento de mercado: diminuiria o número de clientes para focar nas equipes que disputam a Série A. Umbro, Superbolla, Penalty e Kappa foram cotadas para substituir a Topper no time da Vila Capanema.

>> PARANAENSE 2018: confira a tabela do Estadual

>> MERCADO DA BOLA: acompanhe o vai e vem de atletas nos principais clubes brasileiros

O acesso à elite, porém, favoreceu o Paraná e o vínculo atual seguirá normalmente, de acordo com o presidente tricolor.

“A Topper assumiu o compromisso de manter e cumprir o contrato que tinha vigente. Na verdade, pelo que nos foi passado, a direção da Topper nem tinha o interesse [de rescindir]. E até a pessoa que nos trouxe essa notícia nem está mais na Topper. No final do ano passado, a empresa já havia nos procurado e demonstrado interesse em permanecer, então estamos retomando. Nada mudou, o acordo é o mesmo”, explica Oliveira.

Problema de abastecimento

Diante desse cenário, o Tricolor espera resolver o problema de abastecimento de camisas ainda neste mês. As lojas oficiais do Paraná – físicas e virtuais – não recebem novos uniformes do clube desde outubro do ano passado. Pelo site tricolor, apenas a camiseta branca, do segundo uniforme, está disponível – e só no tamanho G para o público masculino.

“[O abastecimento] está sendo trabalhado pela Topper. Não é um problema que se resolve da noite para o dia. Como a Topper tinha direcionado a rescisão, paralisou-se a produção das camisas no final do ano passado. Quando nos acertamos e retomaram, não houve tempo de entregar as camisas. Tínhamos um deficit no profissional, que foi sanado, e agora o próximo passo é atender o mercado e a loja do clube. Eu creio que até o final deste mês a gente esteja com isso regularizado e correndo normalmente”, projeta o presidente do Paraná.

VEJA TAMBÉM:

>> COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JUNIOR: confira a tabela completa da competição

>> MERCADO DA BOLA INTERNACIONAL: siga a janela de transferências na Europa

>> COPA DO BRASIL: confira o chaveamento completo do torneio

>> LIBERTADORES: veja como ficaram os grupos e os duelos da fase preliminar

>> COPA SUL-AMERICANA: veja todos os confrontos do mata-mata continental

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE