Técnico Allan Aal, do Paraná Clube.
Técnico Allan Aal, do Paraná Clube.| Foto: Albari Rosa/Foto Digital/Gazeta do Povo

Enfrentar o Cuiabá, líder da Série B, na Arena Pantanal, vivendo justamente seu pior momento na competição. O cenário da próxima rodada não é dos melhores para o Paraná, que não vence há seis jogos no campeonato.

Mas, para o técnico Allan Aal, o confronto tem de ser encarado como uma oportunidade de recuperação.

“Trazer um resultado positivo fora de casa dá, novamente, uma autoestima maior, uma confiança maior. E mostra que o campeonato vai ser muito equilibrado. E esse foi o discurso logo depois do jogo [contra o Sampaio Corrêa] entre os jogadores, falando da dificuldade que teremos, mas que ao mesmo tempo é uma oportunidade”, relatou o técnico.

Enquanto o Tricolor é o sexto colocado, com 24 pontos, o Dourado tem oito pontos a mais, somando 32. A equipe do Mato Grosso, no entanto, também vem de derrota – perdeu para o Guarani na última terça-feira (13).

Confira a tabela completa da Série B

Em casa, contudo, o Cuiabá tem o calor como aliado. O tempo úmido e abafado, aliás, certamente pesa positivamente para a equipe no aproveitamento de 83%, com seis vitórias e dois empates em oito duelos.

“A gente tem de ter uma estratégia muito bem definida. Sabemos que não podemos ir lá para se defender, mas ao mesmo tempo temos de ponderar o calor”, admite Aal.

“No último jogo deles, se não me engano, estava 37ºC às 21h30. Então, são situações que vamos analisar e ver os jogadores que estão melhor fisicamente para que possamos ter essa intensidade e competitividade. E saber que vamos sofrer com o fator tempo”, completou.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]