Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
 | Giuliano Gomes/Gazeta do Povo
| Foto: Giuliano Gomes/Gazeta do Povo

O Paraná anunciou na manhã deste sábado (2) a saída do técnico Lisca. Em nota, o clube não deu qualquer explicação para o que aconteceu, apenas que o treinador saiu da concentração em Belo Horizonte, e que Matheus Costa estará no banco de reservas na partida das 19h contra o Atlético-MG, na semifinal da Copa da Primeira Liga. As primeiras informações dão conta de que Lisca foi demitido.

SÉRIE B: Paraná mais perto do acesso. Veja a matemática

Lisca teve uma rápida e intensa passagem pela Vila Capanema. Virou rapidamente ídolo da torcida pelo seu estilo “doido” – apesar de não querer ser chamado pelo apelido, tendo inclusive pedido publicamente para que não fosse mais associado ao adjetivo.

Mesmo com todo o ambiente positivo, os últimos dias mostraram um distanciamento nos planos entre diretoria e treinador. A diretoria deu aval para que fosse escalado todo o time titular na partida deste sábado diante do Atlético-MG. Entretanto, na coletiva na última sexta (1), Lisca mudou os planos, disse que estava muito preocupado com o desgaste do elenco e que iria preservar a maioria deles – a tendência era que oito jogadores fossem poupados.

Coincidência ou não, depois de uma conversa entre o técnico e o presidente Leonardo Oliveira realizada após esta coletiva, Lisca deixou o clube. Ao todo, ele comandou o Paraná Clube em apenas oito partidas, com quatro vitórias, três empates e uma derrota.

Conhecido como “Lisca Doido”, o técnico de 44 anos acumula longa experiência na Série B, em equipes como Caxias, Luverdense, Juventude, Náutico, Sampaio Corrêa, Ceará e Joinville. O técnico já trabalhou com o diretor de futebol tricolor, Rodrigo Pastana, em 2015. no Ceará. Pastana foi quem trouxe Lisca para salvar o clube do rebaixamento para a Série C na época, e a dupla obteve sucesso.

Leia a nota oficial do Tricolor:

Luiz Carlos de Lorenzi, o Lisca, não é mais técnico do Paraná Clube. O profissional se desligou da delegação do Tricolor, em Belo Horizonte, na manhã deste sábado (02).

O clube está envolvido na decisão de uma vaga à final da Copa da Primeira Liga. No jogo frente ao Atlético Mineiro, às 19h, no estádio Independência, o time será comandado pelo auxiliar-técnico Matheus Costa.

O assunto envolvendo a saída de Lisca só será tratado com a imprensa em entrevista coletiva do presidente Leonardo de Oliveira e do executivo de futebol Rodrigo Pastana na próxima segunda-feira, às 10h, na sala de imprensa Caio Júnior, na Vila Capanema.

Leonardo de Oliveira

Presidente

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]