Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Poliesportiva
  4. Ciclista da seleção brasileira morre atropelado na BR-277

tragédia

Ciclista da seleção brasileira morre atropelado na BR-277

Eduardo Euzébio, de 18 anos, chegou a ser levado ao Hospital Cajuru, em Curitiba, mas não resistiu. Ele treinava na rodovia entre a capital e o litoral do estado quando foi atingido por um veículo

  • Rafael Neves
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O ciclista Eduardo Euzébio, convocado recentemente para a seleção brasileira da modalidade, morreu após ser atropelado por um carro durante a manhã desta quarta-feira (13). O atleta de 18 anos treinava no km 49 da rodovia BR-277, que liga Curitiba ao litoral paranaense. Em estado grave, ele foi levado com vida ao Hospital Cajuru, na capital, mas morreu pouco depois do meio-dia.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu por volta de 8h30. Euzébio estava fazendo um retorno no local, que fica próximo ao município de Morretes, quando foi atingido por um veículo de passeio, não especificado. O motorista, que a princípio não teria culpa no acidente, desceu do carro e prestou socorro imediatamente.

A concessionária Ecovia, que administra o trecho, acionou atendimento médico. O ciclista ainda estava consciente ao ser socorrido, segundo a PRF, mas apresentava falta de ar e uma grave lesão no braço. Encaminhado ao Hospital Cajuru, ele não resistiu aos múltiplos ferimentos e morreu por volta de 12h25, segundo a assessoria do Hospital.

Nascido em 1995, Euzébio era um atleta promissor e já havia sido convocado para a seleção brasileira nas categorias em que competiu, segundo a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC). No Campeonato Brasileiro Júnior de Ciclismo de Pista 2013, ele conquistou duas medalhas de ouro.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE