i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Toronto-2015

Italiana naturalizada perde na semi e Brasil fica com bronze na esgrima

    • Estadão Conteúdo
    • 21/07/2015 20:23

    Ainda não foi desta vez que o Brasil chegou à final dos Jogos Pan-Americanos na esgrima. Depois do bronze de Renzo Agresta no sabre, segunda-feira, nesta terça foi a vez de Nathalie Moellhausen, italiana naturalizada brasileira, ser derrotada na semifinal, pela norte-americana Katherine Holmes. Assim como Renzo, fica com a medalha de prata.

    Campeã mundial por equipes em 2009 e bronze no individual no Mundial de 2010, sempre defendendo a Itália, Nathalie tirou um ano sabático depois da Olimpíada de Londres e, quando voltou à esgrima, passou a utilizar o passaporte brasileiro. Em sua estreia em Jogos Pan-Americanos, já garantiu o bronze na espada em Toronto.

    Nathalie tem cidadania brasileira desde que nasceu, uma vez que os avós nasceram no País e moram em São Paulo. Mesmo quando competia pela Itália, já falava português fluente. Mas só após perder a titularidade na seleção europeia - foi reserva em Londres -, passou a defender o Brasil.

    Número 21 do ranking mundial, fez duelo equilibrado contra Holmes, que está três posições abaixo dela na lista e venceu por 10 a 7. Antes, para chegar à semifinal, a brasileira havia vencido a colombiana Laskmi Olarte e a venezuelana Eliana Lugo.

    Outra brasileira na disputa, Rayssa Costa venceu quatro de cinco jogos em seu grupo, mas acabou eliminada na primeira rodada de mata-mata, pela venezuelana Lugo, por 15 a 14. Ela, Amanda Simeão e Nathalie voltam a competir no sábado, por equipes. A espada é a arma mais forte do Brasil no feminino.

    Masculino

    Entre os homens, Athos Schwantes (142.º do mundo) e Nicolas Ferreira (113.º) tiveram mais derrotas que vitórias na poule (como é chamada a fase de grupos da esgrima) e não chegaram à disputa por medalhas. Nicolas perdeu do norte-americano Jason Pryor (58.º), nas oitavas de final, por 15 a 12. Athos estreou vencendo Reynier Henrique (56.º), de Cuba, por 14 a 13, mas depois perdeu do argentino José Felix Dominguez (178.º), por 15 a 6. Por equipes, Athos e Nicolas serão acompanhados do garoto Alexandre Camargo, de apenas 16 anos, um dos caçulas do Time Brasil no Pan.

    Deixe sua opinião
    Use este espaço apenas para a comunicação de erros
    Máximo de 700 caracteres [0]

    Receba Nossas Notícias

    Receba nossas newsletters

    Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

    Receba nossas notícias no celular

    WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

    Comentários [ 0 ]

    O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.