Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Geni Rodrigues ficou em terceiro lugar em torneio realizado em Curitiba. “Como se não fosse possível fazer outra coisa”. | Divulgação/EPOFEST
Geni Rodrigues ficou em terceiro lugar em torneio realizado em Curitiba. “Como se não fosse possível fazer outra coisa”.| Foto: Divulgação/EPOFEST

O EPO Fest, maior torneio de poker já realizado no sul do Brasil, com 7 mil participantes, terminou na madrugada de segunda para terça-feira (19), mas a melhor história da competição ainda não tinha sido contada. Trata-se do desempenho de Geni Rodrigues, 42 anos, que chegou em terceiro lugar, faturou R$ 64 mil, após participar do torneio sem gastar um centavo.

O segredo de Geni foi conquistar a vaga no torneio através de um satélite, um torneio menor que dava como prêmio justamente a participação no evento principal, que custava R$ 350. Para entrar nesse satélite, que foi on-line, a jogadora gastou R$ 20 que já tinha ganhado como bônus. Ou seja, não gastou nada.

Curitibano amador vence maior torneio de poker do sul e leva R$ 130 mil

Leia a matéria completa

“Eu fui muito confiante para chegar na mesa final do torneio principal. Eu queria o troféu, mas o terceiro lugar foi bom demais”, conta.

Com o segundo grau completo, Geni já foi babá e atualmente trabalha ajudando o irmão no seu estudo de tatuagem, fazendo trabalhos mais administrativos. Porém, diante da boa premiação, ela já visualiza uma carreira como jogadora profissional de poker.

“Eu me apaixonei pelo jogo, é como se não fosse possível fazer outra coisa”, relata a jogadora. Ela aprendeu a jogar há cinco anos, mas só começou a se dedicar há cerca de três anos quando iniciou os estudos, trocando ideias com outros jogadores, lendo livros e vendo vídeos na internet de disputas com as cartas aparecendo no transmissão. O EPO Fest foi o primeiro grande torneio em que premiou.

“Ainda não sei o que vou fazer com todo o dinheiro, mas uma boa parte com certeza eu vou investir na minha carreira, fazendo coachings (treinamentos) com profissionais que eu sempre sonhei e investindo em torneios maiores”, relata.

Poker: 15 dicas para melhorar o seu jogo

Leia a matéria completa

Por fim, ao ser questionada sobre a dificuldade de encontrar mulheres vencedoras em torneios de poker, ela lembra que o número de homens nos torneios são sempre muito superiores. Mas acredita que mais mulheres poderiam participar. “Não existe homens e mulheres no poker. É um jogo de pessoas”, avisa.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]