Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado

Suspensa por seis meses pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), a nadadora Fabíola Molina só terá que ficar afastada das competições por quatro meses, uma vez que já cumpriu dois meses da punição, de maio a julho do ano passado, em pena imposta pela Confederação Brasileira de Desportos Aquá­­ticos (CDBA) por ela ter sido fla­­grada no exame antidoping du­­rante a Tentativa Mundial, em abril de 2011.

A nadadora, porém, não terá grande prejuízo com a pena divulgada na última quinta-feira. Impedida de competir até o dia 20 de abril, ela só perderá uma das três competições escolhidas pela CBDA como seletivas olímpicas. E a preparação seguirá a mesma.

"Apesar dessa decisão, minha vida continua a mesma e meu treinamento não muda", diz o comunicado de Fabíola Molina, que é especialista na prova dos 100 metros costas e vai tentar se classificar para a terceira Olimpíada de sua carreira.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]