O espanhol Rafael Nadal, líder do ranking da ATP, confirmou nesta quinta-feira que não disputará o Torneio de Dubai, na próxima semana, por problemas físicos. Ele sentiu dores na perna direita durante a derrota para Andy Murray na final de Roterdã, no domingo, e ficará fora da competição do Oriente Médio por precaução.

"Estou muito decepcionou pode não poder competir em Dubai, mas o médico me aconselhou a ficar em casa e descansar para que a dor que senti abaixo do joelho diminua. Peço a meus fãs e aos organizadores do torneio que entendam o quanto estou triste por isso", afirmou Nadal em seu site.

O espanhol já disputou o torneio de Dubai quatro vezes - venceu em 2006 e foi às quartas-de-final em 2004, 2007 e 2008. "É uma das minhas competições favoritas e sempre joguei lá. A quadra é sempre boa e o público sempre apoia muito", disse o campeão do Aberto da Austrália.

Segundo a nota publicada em seu site, Nadal voltará as quadras na primeira semana de março, na preparação para o desafio entre Espanha e Sérvia, em Benidorn, pela primeira fase da Copa Davis, entre os dias 6 e 8. Os espanhóis são atuais campeões da competição, mesmo sem contar com o número 1 na final diante da Argentina, também devido a uma lesão.

Nadal é o segundo grande desfalque do Torneio de Dubai. Na terça-feira, o número 2 Roger Federer já havia anunciado sua desistência da competição devido a um problema nas costas. Fernando Verdasco, 9º colocado no ranking mundial, também não deve competir devido a uma contusão.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]