Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

Tricolores

Repetição

Caso queira, o técnico Sérgio Soares poderá repetir contra o São Caetano, na próxima sexta-feira, a mesma equipe que venceu o Guarani, no sábado. Não houve suspensões por cartão nem contusões no Tricolor.

Liberado

O zagueiro Dirley cumpriu no sábado a suspensão pelo terceiro cartão amarelo recebido no confronto com o Atlético-GO. Dessa forma, está disponível para o confronto com o São Caetano.

Refeito

O atacante Wellington Silva foi liberado pelo departamento médico do Paraná. Ele se refez de um estiramento na coxa direita, sofrido na partida com a Portuguesa, no último dia 3. Porém, para voltar a campo, Silva depende de uma recuperação no condicionamento físico.

De fora

Quem segue fora é o zagueiro Aderaldo, com uma lesão no músculo posterior da coxa direita. Não há previsão para o retorno do jogador.

Na apresentação dos atletas, tranquilidade total após a ex­­celente vitória sobre o líder Gua­­­­rani, no sábado. Já nos bas­­ti­­dores da Vila Capanema, on­­tem foi um dia agitado. A recuperação na Série B não desfez a sede de contratações do Paraná e novidades devem surgir ainda nesta semana.

A mais próxima de uma definição é a do o meia Rafinha, 25 anos. Jogador do São Paulo, com passagens por Por­­tu­­guesa, Grêmio e São Caetano, ele está emprestado ao Goiás até o final do ano. Viria em novo empréstimo, também até o término da temporada.

O acerto depende de uma liberação de Hélio dos Anjos, treinador do Alviverde. Ra­­finha entrou em campo somente três vezes pelo Brasileirão, sempre vindo do banco de re­­servas. O salário seria bancado, em parte, pela L.A. Sports, parceira do Paraná.

Outro reforço, para a defesa, também está bem encaminhado – apesar da ótima apresentação no Brinco de Ouro de Élton, que até então não vinha atuando. O nome é mantido em sigilo. Sabe-se que vem do interior de São Paulo e é uma indicação do técnico Sérgio Soares.

"Tivemos gente olhando jogos no interior de São Paulo. Temos problemas de cartão, lesões, precisamos de mais um zagueiro", co­­mentou Paulo Welter, diretor de futebol paranista, à Rádio Tran­­samérica.

O Paraná tem disponíveis no elenco cinco jogadores para o se­­tor: Aderaldo (machucado, atualmente), Dirley, Gabriel, Freire e Élton. Restaria a contratação de um atacante. Na semana passada, já chegaram outros dois reforços. São eles o lateral-esquerdo Márcio Goiano e o volante Rai.

O atacante Adriano, que estava no Istanbul Büyüksehir Belediyespor, da Turquia, pode ser mais um. Porém, o Tricolor ainda aguarda a chegada de alguns documentos para a confirmação. Ele só poderá jogar em agosto, com a abertura da janela para transferências internacionais.

Enquanto uns vêm, outros podem ir. O lateral-direito Murilo, o volante Adoniran e o meia Elvis são os mais visados. Até agora nada de propostas oficiais.

"Temos sondagens. O que eu posso dizer é que se ele não tivesse se contundido (no cotovelo direito), provavelmente não estaria mais por aqui", disse Gianfranco Petruzziello, procurador de Murilo.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]