Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Relembre o histórico de fracassos do Brasil em Olimpíadas

Londres-2012

Relembre o histórico de fracassos do Brasil em Olimpíadas

em 12 participações, a seleção nacional acumula três pratas e dois bronzes

  • Gazeta do Povo
Com cara de poucos amigos, seleção recebe a medalha de prata |
Com cara de poucos amigos, seleção recebe a medalha de prata
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O trauma do futebol brasileiro continua mais vivo do que nunca após a derrota deste sábado (11), para o México, na final do torneio olímpico de futebol. Em 12 participações nos Jogos, o Brasil agora tem três medalhas de prata e dois bronzes - o tão sonhado ouro, mais uma vez, escapou, e a seleção terá de se reinventar para não fazer feio em casa, no Mundial de 2014

Relembre as campanhas brasileiras nos Jogos:

Helsinque (1952)A Olimpíada de Helsinque foi a primeira participação da seleção brasileira de futebol em Olimpíada. O time perdeu para a Alemanha Ocidental por 4 a 2 nas quartas de final da competição – terminando em quinto lugar geral. Naquela edição, o futebol era representado por jogadores amadores.

Destaques: Vavá e Zózimo

Disputaram a Copa do Mundo seguinte: Vavá e Zózimo

Roma (1960)Em sua segunda participação olímpica, o Brasil - que havia sido campeão da Copa do Mundo em 58 pela primeira vez - voltou a fazer uma participação sem destaque, caindo logo na primeira fase, após perder para a Itália por 3 a 1. Gérson, que seria tricampeão mundial dez anos depois, fez sua estreia olímpica marcando um dos gols da vitória de 4 a 3 no primeiro jogo do time na Olimpíada, contra a Grã-Bretanha.

Destaque: Gérson

Disputaram a Copa do Mundo seguinte: -

Tóquio (1964)Mais uma vez o Brasil não conseguiu passar da primeira fase dos Jogos Olímpicos, terminando o torneio em nono lugar. A seleção apenas empatou com o Egito por 1 a 1, ganhou da Coreia do Sul por 4 a 0 e perdeu para a Tchecoslováquia por 1 a 0. O técnico do Brasil na Olimpíada de Tóquio foi Vicente Feola, que havia sido o comandante do primeiro título do Brasil em Copa do Mundo.

Destaque: Roberto Miranda

Disputaram a Copa do Mundo seguinte: -

Cidade do México (1968)Outra Olimpíada em que o Brasil caiu logo na primeira fase da competição. Após uma campanha irregular no Pré-Olímpico, o Brasil fez uma campanha olímpica com dois empates e uma derrota, terminando a competição em apenas décimo lugar.

Destaque: Ferretti

Disputaram a Copa do Mundo seguinte: -

Munique (1972)A Seleção de 70 ficou marcada na história como a melhor de todos os tempos, com craques como Pelé, Garrincha e Gerson (que havia disputado a Olimpíada de Roma) e um estilo de jogo reverenciado até hoje. Mas o sucesso da Copa do Mundo não se repetiu nos Jogos Olímpicos de Munique, onde o Brasil amargou a pior colocação em uma Olimpíada, ficando em 13.º lugar.

Destaques: Falcão e Roberto Dinamite

Disputaram a Copa do Mundo seguinte: -

Montreal (1976)Depois de vários fracassos olímpicos, a Seleção se redimiu em Montreal – fazendo a sua melhor campanha até então. Mesmo com derrotas para Polônia e União Soviética, o Brasil terminou a competição em quarto lugar, com destaque para o goleiro Carlos defendendo um pênalti no último jogo, na derrota por 2 a 0 contra os soviéticos. Claudio Coutinho deu continuidade em seu trabalho na Copa de 78.

Destaques: Júnior e Batista

Disputou a Copa do Mundo seguinte: Batista

Moscou (1980)O Brasil não se classificou para a Olimpíada de Moscou.

Los Angeles (1984)A Olimpíada de Los Angeles trouxe a primeira medalha brasileira no futebol. Com uma campanha com quatro vitórias contra Arábia Saudita, Alemanha Ocidental, Marrocos e Itália e apenas um empate com o Canadá, o Brasil perdeu a disputa da medalha de ouro para a França por 2 a 0, com gols de Brisson e Xuereb.

Destaques: Dunga e Mauro Galvão

Disputou a Copa do Mundo seguinte: Mauro Galvão

Seul (1988)Outra boa campanha da seleção brasileira. Com um time forte, o Brasil contou com os gols do artilheiro da competição, Romário, para chegar a final Olímpica contra a União Soviética. Em um jogo nervoso, com duas expulsões (Tatarchouk e Edmar) e o jogo empatado por 1 a 1, a medalha de ouro foi decidida apenas na prorrogação, com gol de Savitchev.

Destaques: Taffarel, Jorginho, Romário e Bebeto

Disputaram a Copa do Mundo seguinte: Taffarel, Jorginho, Romário e Bebeto

Barcelona (1992)O Brasil não se classificou para a Olimpíada de Barcelona.

Atlanta (1996)O Brasil chegou em Atlanta com o status de time tetracampeão mundial. Recheado de estrelas do calibre de Roberto Carlos, Rivaldo, Ronaldo e o veterano Bebeto, o time comandado por Zagallo perdeu para a Nigéria na morte súbita (após empatar em 3 a 3 no tempo normal) na semifinal, e ficou com a medalha de bronze.

Destaques: Dida, Roberto Carlos, Rivaldo e Ronaldo

Disputaram a Copa do Mundo seguinte: Dida, Aldair, Roberto Carlos, Flávio Conceição, Rivaldo, Bebeto e Ronaldo

Sydney (2000)A Olimpíada de Sydney foi o palco do maior fracasso olímpico brasileiro. No duelo das quartas de final contra Camarões, o Brasil (que havia feito a final da Copa do Mundo de 1998) deixou o resultado escapar, novamente, na prorrogação, quando levou um gol de Mbami. O time africano estava jogando com apenas nove jogadores, pois Njitab e Nguimbat foram expulsos. A derrota olímpica custou o cargo do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Destaques: Ronaldinho Gaúcho, Lúcio e Alex

Disputaram a Copa do Mundo seguinte: Ronaldinho Gaúcho e Lúcio

Atenas (2004)O Brasil não se classificou para a Olimpíada de Barcelona.

Pequim (2008)A seleção pentacampeã mundial não conseguiu se classificar para Atenas, e, em Pequim, o time chegava como um dos favoritos para levar a medalha de ouro. Após uma chave fácil na primeira fase, o Brasil conseguiu espantar o fantasma de Sidney, vencendo Camarões por 2 a 0 nas quartas de final. Mas na semifinal - diante da Argentina - viu Lucas Leiva e Thiago Neves serem expulsos e os argentinos marcarem três gols. O Brasil teve de se contentar com um bronze.

Destaques: Rafinha, Hernanes, Thiago Neves, Alexandre Pato, Diego e Ronaldinho Gaúcho.

Disputou a Copa do Mundo seguinte: Thiago Silva

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE