Rio - Além de Márcio Bittencourt, no Náutico, os técnicos Carlos Alberto Parreira (Fluminense) e Wagner Mancini (Santos) perderam o emprego ontem. O primeiro deixou o cargo, um dia após o time das Laranjeiras ser derrotado por 1 a 0 pelo Santo André, no Engenhão. A quinta partida sem vitória e a entrada na zona de rebaixamento.

"Nada mais me surpreende no futebol. Não existe projeto, existe resultado’’, disse Parreira. "Valeu a pena. Não estou arrependido de ter constatado que as coisas continuam como sempre foram: cobrança em cima de resultados, e não de trabalho.’’ Vinícius Eutrópio será o substituto por enquanto.

Mancini sucumbiu ao perder por 6 a 2 para o Vitória, no Barradão. Murici Ramalho é o mais cotado para assumir o time do litoral paulista. Serginho Chulpa fica como interino.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]