Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE
  1. Home
  2. Esportes
  3. Thiago Pereira fatura terceiro ouro no Troféu Maria Lenk

natação

Thiago Pereira fatura terceiro ouro no Troféu Maria Lenk

  • Agência Estado
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O nadador Thiago Pereira faturou nesta quarta-feira (4) a sua terceira medalha de ouro no Troféu Maria Lenk, que está sendo realizado no Rio de Janeiro. Depois de triunfar nos 200 metros peito e nos 200 metros costas, ele venceu a disputa dos 400 metros medley com o tempo de 4min12s52.

"Me senti bem hoje e estou feliz. Cansei um pouco no final, mas esta prova é pesada mesmo. Os tempos estão me surpreendendo porque não fiz meu polimento completo", disse Pereira, que ainda participará de três revezamentos e dos 200 metros medley pelo Corinthians.

Além da vitória de Pereira, outros destaques das finais de quarta-feira foram as vitórias de dois nadadores campeões olímpicos. A zimbabuana Kirsty Coventry, que compete pelo Minas Tênis, venceu os 400 metros medley (4min37s21) e o tunisiano Oussama Mellouli, do Corinthians, levou a medalha de ouro dos 200 metros livre (1min50s01).

A final dos 200 metros livre masculino, aliás, serviu para definir os representantes do revezamento brasileiro no Mundial de Desportos Aquáticos em Xangai. A equipe será formada por Nicolas Oliveira (1min49s76), do Minas Tênis; André Schultz (1min50s22), do Flamengo; Rodrigo Castro (1min50s32), do Minas Tênis; e João Lucca (1min50s46), do Flamengo. As marcas são as melhores após as três seletivas válidas para formação da seleção - o Campeonato Pan-Pacífico, a Tentativa Mundial e o Troféu Maria Lenk.

Jessica Cavalheiro, do Minas Tênis, venceu a final dos 200 metros livre feminino (2min03s00). Porém, o Brasil não estará presente no Mundial de Xangai no revezamento 4x200 metros livre para mulheres, já que os quatro melhores tempos individuais somados na prova excederam o tempo de 7min56s63.

A final dos 50 metros livre, vencida por Cesar Cielo (21s95), definiu a classificação de Bruno Fratus, que faturou a medalha de prata (22s20) como segundo representante brasileiro na prova no Mundial de Xangai. Também nesta quarta-feira, a norte-americana Jessica Hardy, do Flamengo, que é campeã mundial venceu os 50 metros livre (24s80).

O Minas Tênis lidera o Troféu Maria Lenk, com 1.001 pontos, e tentar encerrar um longo jejum, já que venceu a disputa pela última vez em 1997. O clube de Belo Horizonte é seguido por Flamengo, com 657 pontos, e Corinthians, com 542.

8 recomendações para você

deixe sua opinião

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE