Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
Torcida coxa estava sendo escoltada para a Arena, onde ocorre o Atletiba. | Antônio More/Gazeta do Povo
Torcida coxa estava sendo escoltada para a Arena, onde ocorre o Atletiba.| Foto: Antônio More/Gazeta do Povo

Um torcedor do Coritiba, baleado por um policial militar em frente ao Estádio Couto Pereira horas antes do clássico Atletiba previsto para este domingo (19), morreu no hospital depois de passar por uma cirurgia.

Um grupo de policiais escoltava os torcedores até a Arena da Baixada quando uma confusão começou e o adolescente, de 16 anos, acabou baleado por um PM. O adolescente foi levado pela própria Polícia até o Hospital Cajuru.

De acordo com a assessoria do Hospital Cajuru, o adolescente deu entrada por volta das 15 horas, com ferimento no peito, causado por disparo de arma de fogo. O jovem passou por cirurgia, mas não resistiu e faleceu por volta das 16h20.

Antes do Atletiba, torcedores do Atlético são detidos após arruaça na CIC

Leia a matéria completa

A assessoria de imprensa da Polícia Militar (PM-PR) afirmou que, após o início do tumulto, a arma de um policial teria disparado acidentalmente.O Comando da PM-PR instaurou um inquérito policial para apurar os fatos. O sargento responsável pelo disparo e sua equipe foram encaminhados ao 12.° Batalhão e estão sendo ouvidos.Os policiais foram afastados de suas funções, de acordo com a PM.

Houve registro de mais confusões envolvendo torcedores em Curitiba neste domingo.

Nas redes sociais, o Coritiba lamentou a morte do torcedor antes do clássico. “Nossos sentimentos para todos [os] familiares e amigos”, disse o clube.

Torcida organizada se pronuncia sobre morte

A torcida organiza Império Alviverde, do Coritiba, se pronunciou sobre a morte do adolescente por meio do Facebook. Para a organizada, “mais uma vez a Polícia Militar do Paraná mostrou um despreparo absurdo”, diz a nota.

De acordo com a Império, a situação estava calma, as viaturas da PM já estavam alinhadas e então foi feito um disparo em direção ao grupo de torcedores.

Confira a nota na íntegra:

“Hoje [domingo, 19], enquanto a torcida se reunia no Couto [Pereira] em paz para ir para o clássico com escolta, mais uma vez a Polícia Militar do Paraná mostrou um despreparo absurdo.

Após a torcida do Coritiba se reunir e com todos prontos para se descolar até a Baixada, inclusive com todas as viaturas alinhadas [e] preparadas para realizar a escolta da torcida do Coritiba, foi efetuado um disparo de dentro de uma viatura em direção [à] torcida do Coritiba, atingindo *******, de 16 anos, que veio a falecer no Hospital Cajuru.

Lamentamos profundamente a morte do torcedor coxa-branca e estamos a disposição de todos para quaisquer esclarecimentos. Tomaremos todas as atitudes necessárias para que esse assassinato não fique impune.

A Império Alviverde está de luto.”

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]