Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...

A torcida russa acusa os jogadores da seleção de seu país de terem saído para a noite de Moscou na véspera da partida de ida contra a Eslovênia, pela repescagem das Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2010. Segundo a televisão estatal russa, uma testemunha relatou ter visto atletas da equipe em um café no centro de Moscou bebendo e fumando em um narguilé. Um garçom do estabelecimento disse, indignado, que os jogadores se divertiram até as 4h.

"Disse a eles que não voltaria a servir o narguilé. Passam a noite fumando e depois não conseguem correr", disse o garçom.

Os funcionários do hotel onde a seleção russa se hospedou também confirmaram que os jogadores passavam seu tempo livre "bebendo, fumando e acompanhados de garotas".

"Quando foram para a partida, deixaram um companheiro em seu quarto porque estava muito cansado", relatou um empregado do hotel.

Jogando na capital russa, os russos venceram a partida por 2 a 1, mas perderam a vaga na Copa da África do Sul com a derrota para os eslovenos no jogo de volta por 1 a 0. Após a eliminação, o técnico da seleção, o holandês Guus Hiddink, tem até o final do ano para decidir se renova seu contrato até a Eurocopa de 2012, disse o ministro de Esportes da Rússia, Vitaly Mutko.

Alguns veículos de imprensa russos e turcos afirmaram que Hiddink já teria fechado um acordo verbal para ser o novo treinador da seleção da Turquia.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]