Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Ricardo Garrido, country manager de Alexa no Brasil.
Ricardo Garrido, country manager de Alexa no Brasil.| Foto: Julio Vilela/Divulgação

A Amazon acaba de lançar um concurso exclusivo para desenvolvedores brasileiros. O objetivo é "ensinar" a nossa cultura para a assistente de voz, Alexa, criando novas funcionalidades para a inteligência artificial. O concurso Certified Alexa Skill Builder, deverá transformar o sistema praticamente em uma criação brasileira e não apenas uma versão traduzida da Alexa norte-americana, premiando as funcionalidades mais baixadas durante o período de um mês.

A assistente de voz da Amazon chegou ao Brasil em outubro do ano passado. Mas quase um ano antes de pousar em solo brasileiro, o sistema já vivenciava uma imersão em nossa cultura e nosso idioma. Agora a companhia de Jeff Bezos quer ir ainda mais além, com a competição. As funcionalidades ou skills, deverão reproduzir música brasileira, utilizar aplicativos locais e até aplicar opções de entretenimento nacional.

Alguns exemplos de skills locais já disponíveis no Brasil, são os jogos como o Show do Milhão e Akinator, histórias da Turma da Mônica, vídeos da Galinha Pintadinha e serviços do iFood e do Uber — todos reproduzidos nos dispositivos Amazon Echo.

“Há muita coisa a ser desenvolvida, mas diversão e informação são as áreas que mais crescem com a Alexa no país”, afirmou Ricardo Garrido, country manager de Alexa no Brasil.

O executivo destacou que a premiação já existe no exterior, mas a versão brasileira é autêntica porque foi pensada para a comunidade de desenvolvedores brasileira. “As piadas e os trocadilhos que a Alexa conta são em português, não uma tradução do inglês. Caso contrário, não fariam sentido. Além disso, 90% das músicas que ela reproduz são brasileiras. Ou seja, a influência estrangeira é baixa”, explicou Garrido.

Mais de 700 skills em português foram criadas no Brasil desde que a Alexa desembarcou no país há quatro meses, contabilizou o executivo. E a tendência é que esse número se multiplique com a popularização dos dispositivos inteligentes da Amazon. “Queremos trazer mais conteúdo para os clientes comandarem uma casa inteligente”, disse.

Regras do programa

A Amazon vai premiar os desenvolvedores que criarem skills que atingirem o maior número de usuários únicos, 30 dias após a publicação, entre 4 de fevereiro e 30 de abril deste ano. “Vamos medir o engajamento dos usuários. Os skills também serão avaliados por uma equipe de certificação”, acrescentou Garrido. Para participar do programa, é preciso preencher o formulário.

Os primeiros dez colocados vão receber um treinamento online e uma certificação da Amazon Web Services (AWS), no valor de US$ 300 (R$ 1.294). Os desenvolvedores que ficarem entre a 11ª e 50ª posição, por sua vez, levarão para casa um Echo Dot, speaker inteligente da Amazon. Os selecionados a partir da 51ª posição ganharão uma caneca inox, um carregador portátil e adesivos de Alexa.

Conteúdo editado por:Aléxia Saraiva
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]