Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
  • Ícone FelizÍcone InspiradoÍcone SurpresoÍcone IndiferenteÍcone TristeÍcone Indignado
FoodHero ajuda a combater o desperdício de comida
FoodHero ajuda a combater o desperdício de comida| Foto: Divulgação

A PinÓ, unidade de novos negócios da Gazeta do Povo, lança no próximo dia 31 de agosto a plataforma FoodHero, iniciativa que visa combater o desperdício de comida e ajudar estabelecimentos do setor de alimentos a monetizar sobre os excedentes que seriam descartados.

O propósito da plataforma é evitar o desperdício de alimentos no Brasil e promover um consumo mais sustentável. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), um terço de todos os alimentos produzidos acaba em perda ou desperdício, o que seria suficiente para sustentar mais de 2 bilhões de pessoas, e gera um custo de US$ 936 bilhões para a economia global anualmente. Segundo a ONU, o Brasil desperdiça cerca de 27 milhões de toneladas de alimentos por ano.

A solução da FoodHero chega para mudar esse cenário e contribuir para um mundo mais sustentável. O aplicativo conecta restaurantes, padarias e confeitarias com o consumidor, ofertando alimentos excedentes que seriam descartados por um preço especial.

A plataforma Food Hero é inspirada em cases de sucesso do exterior, como a norte-americana Too Good to Go, que já salvou mais de 100 milhões de refeições; e a We Are Phenix, com atuação na Europa. Em julho, a FoodHero foi aprovada para o programa de aceleração da Inovativa Brasil. O programa recebeu mais de 700 inscritos, dos quais 195 foram selecionados para o ciclo vigente.

Como funciona a FoodHero?

A plataforma FoodHero incentiva estabelecimentos e consumidores a contribuírem com a sustentabilidade. No aplicativo, o usuário poderá conhecer os estabelecimentos cadastrados e escolher entre as opções de pacote (doce, salgado ou misto) para consumo. Ao comprar um pacote, o usuário receberá informações de horário de retirada junto com um código de confirmação para buscar o produto.

Para os restaurantes, padarias e confeitarias, os pagamentos são recebidos imediatamente após a compra pelo usuário FoodHero e a retirada do produto. A plataforma cobrará uma porcentagem sob o valor da compra, sendo que os estabelecimentos que atingirem um maior volume de vendas poderão ter porcentagens reduzidas.

O lançamento oficial da FoodHero ocorre no dia 31 de agosto, durante a realização do Prêmio Bom Gourmet. A plataforma atenderá inicialmente a cidade de Curitiba, com a meta de expandir para todo o território brasileiro e espalhar a causa por um modelo mais sustentável na cadeia de alimentos.

Para conhecer e saber mais da iniciativa FoodHero, siga a página oficial no Instagram ou acesse o site.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros

Máximo de 700 caracteres [0]