Shopify demite 10% dos seus funcionários
Shopify demite 10% dos seus funcionários| Foto: Shopify/Reprodução

A Shopify, empresa canadense de software para o comércio eletrônico, anunciou nesta terça-feira (26), a demissão de 1 mil trabalhadores, o que representa 10% do total de sua força de trabalho em nível global.

O anúncio chegou ao conhecimento público através de um comunicado do CEO da empresa, Tobias Lütke, no blog da Shopify. No comunicado, Lütke explica os motivos do corte e assume os erros na projeção de vendas no e-commerce.

"Apostamos que o mix de canais e o volume de transações através do comércio eletrônico - em vez do varejo físico - avançaria permanentemente em 5 ou até 10 anos. Não podíamos ter certeza na época, mas sabíamos que, se houvesse uma chance de que isso fosse verdade, teríamos que expandir a empresa para corresponder. Agora está claro que essa aposta não se concretizou”, contou o CEO em sua carta aos funcionários.

“Os dados mostram que estamos revertendo ao cenário pré-Covid, com a reabertura das lojas físicas. O e-commerce ainda cresce de forma constante, mas não foi o salto significativo que esperávamos. Em última análise, fazer esta aposta era a minha decisão e eu errei. Agora temos que ajustar. Como consequência, temos que nos despedir de alguns de vocês hoje, e eu sinto muito por isso”, explicou Tobias Lütke.

Segundo o comunicado do CEO, “a maioria das funções afetadas está em recrutamento, suporte e vendas, e em toda a empresa também estamos eliminando funções superespecializadas e duplicadas, bem como alguns grupos que eram convenientes, mas distantes da criação de produtos”.