marcela-miranda-trigg-divulgaçao
Marcela Miranda, uma das fundadora da Trigg.| Foto: Divulgação

A Trigg, fintech conhecida por oferecer cartões de crédito com cashback de até 1,3%, anunciou nesta quarta-feira (5) sua aquisição pela Vector, fundo de investimento do banco e financeira Omni.

Os fundadores Marcela Miranda e Guilherme Müller venderam 100% de suas participações na empresa e afirmam que a partir de agora vão se dedicar aos demais negócios do grupo, que vai se chamar Seastorm.

Em três anos de atuação, a Trigg atingiu mais de 2,5 milhões de cartões de crédito solicitados e tornou-se um dos principais concorrentes do Nubank, primeiro decacórnio brasileiro, com valor de mercado de US$ 10 bilhões.

“Estávamos buscando investidores para acelerar ainda mais o crescimento da Trigg e reforçar a imagem de primeira opção do público jovem para cartão de crédito. Com os excelentes resultados de 2019, fomos surpreendidos por uma proposta dos investidores da Vector para a aquisição de 100% do negócio”, disse Marcela, sem revelar o valor da venda.

Na avaliação de Tadeu Silva, sócio da Vector, a fintech reprenta um ativo com grande potencial de realização de ganhos. "É um case de sucesso, o que nos encorajou a investir em outras startups”, analisou.