A Uber suspendeu o serviço no Brasil sete meses após iniciar as atividades.
A Uber suspendeu o serviço no Brasil sete meses após iniciar as atividades.| Foto: Divulgação/Uber

Sete meses após lançar o serviço de aluguel de patinetes no Brasil a Uber anunciou nesta quarta-feira (15), que vai suspender a atuação dos modais no país. Segundo a Uber, o motivo da descontinuidade do serviço é a fusão com a plataforma de soluções de micromobilidade Lime, que também deixou de atuar no Brasil em janeiro.

Em nota, a empresa afirmou que no dia 7 de maio consolidou a fusão da Jump, sua divisão de micromobilidade, com a empresa Lime, que está dando seguimento nas operações combinadas nas cidades que atende. "Com essa fusão, as operações de patinetes elétricos da Uber em São Paulo e Santos, suspensas desde o início da pandemia, foram descontinuadas. A Uber continua acreditando firmemente na micromobilidade e em seu poder para transformar positivamente as cidades e reconhece que a escala e o foco da Lime serão fundamentais para avançar com essa transformação" salientou a Uber.

A solução estava disponível nas cidades de São Paulo desde março deste ano, e desde dezembro em Santos, litoral do estado. O lançamento dos modais de transporte nas duas cidades foi realizado em meio a um questionamento sobre a sustentabilidade das empresas. A Grow que operava o aluguel de bicicletas do aplicativo Yellow Bike, encerrou as operações em janeiro, juntamente com a saída da Lime do mercado brasileiro.