Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Guilherme Enck e Paulo Deitos, fundadores da CapTable
Guilherme Enck e Paulo Deitos, fundadores da CapTable| Foto: CapTable/Divulgação

A CapTable, plataforma de investimentos em startups no Brasil, está com inscrições abertas para startups nacionais que querem buscar investidores ainda neste ano. O objetivo é selecionar empreendimentos digitais focados em inovação para captarem até R$ 70 milhões entre agosto e dezembro.

As startups interessadas podem fazer suas candidaturas pelo site da CapTable. As informações fornecidas serão analisadas por especialistas da plataforma e, em caso de aprovação, a CapTable entrará em contato para fechar os detalhes e divulgar a proposta à sua base de investidores. Cada startup poderá captar até R$ 5 milhões – teto estabelecido pela atual regulação da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

“Queremos auxiliar startups inovadoras a terem recursos para realizarem suas operações e criar ambiente para que elas cresçam exponencialmente. Ao mesmo tempo, queremos oferecer aos nossos investidores as melhores ofertas de startups no mercado brasileiro, com alta probabilidade de trazer ganhos reais aos investidores”, explica Paulo Deitos, cofundador da CapTable, em comunicado à imprensa.

O objetivo da CapTable é apoiar empreendedores que estejam construindo empresas inovadoras e relevantes para o mercado, criando conexões entre investidores e todos os envolvidos no ecossistema de investimentos em tecnologia. Desde julho de 2019, quando começou suas operações, a plataforma já conquistou a confiança de mais de 4.300 investidores, que aportaram mais de R$ 36 milhões em 31 startups (16 apenas neste ano).

“O mercado de investimentos em startups continua crescendo de forma exponencial e estamos vivendo o seu auge. Desde que criamos a CapTable, nos preocupamos em desenvolver um trabalho que transmita credibilidade e confiança ao investidor”, diz Guilherme Enck, cofundador da CapTable junto com Paulo Deitos.

A CapTable espera um fechamento recorde em investimentos para startups no ano de 2021. “Nossa meta é ambiciosa, viável e fundamentada. Prova disso é que desde o início deste ano nós registramos mais de 3.500 aportes. Este número já é superior ao total de aportes que realizamos em todo o ano de 2020 e tradicionalmente o segundo semestre é onde esse ritmo cresce de forma acelerada em relação aos seis primeiros meses do ano”, finaliza Guilherme Enck.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]