Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
clickbus
Phillip Klien, CEO da ClickBus| Foto: Divulgação

A ClickBus é uma startup que iniciou os trabalhos em 2013 com a venda de passagens online. A empresa foi criada pela aceleradora Rocket Internet ao identificar uma grande oportunidade: o mercado rodoviário brasileiro movimenta mais de 160 milhões de passagens por ano.

O número é expressivo especialmente quando comparado ao do transporte o aéreo doméstico, que conta com cerca de 90 milhões de passageiros anualmente.

Na época, apenas 1% dos bilhetes de ônibus eram vendidos online — hoje, a penetração de vendas de passagens rodoviárias pela internet é de quase 20%. A ClickBus é a líder no segmento atualmente.

A chegada da startup como marketplace de passagem para viagens de ônibus resolveu dores tanto das empresas rodoviárias como dos passageiros.

Antes da plataforma, as pessoas precisavam se deslocar até a rodoviária para obter mais informações sobre os bilhetes ou navegar em sites problemáticos oferecidos por algumas poucas empresas de transporte. Também era muito comum enfrentar filas e ter problemas para descobrir qual viação oferecia o trajeto desejado.

Novos mercados

Até 2020, a ClickBus havia vendido mais de 25 milhões de passagens de ônibus pela internet e, agora, já opera no México e no Brasil.

A definição desses mercados aconteceu depois de um estudo explorar inicialmente 13 países e concluir que a melhor saída seria focar nessas localidades e compreender as necessidades dos usuários brasileiros e mexicanos.

Fora isso, a startup tem ajudado o setor a se modernizar e se tornar mais atraente. A ClickBus veiculou em janeiro de 2016, em parceria com as maiores empresas do setor, uma campanha publicitária em TV aberta estrelada por Fábio Porchat, como estratégia para revitalizar o setor rodoviário no país. Essa foi a primeira vez que uma empresa desse segmento apostou em um meio de comunicação tão massivo para difundir sua mensagem de modernização.

Agora, a startup busca parcerias para aproximar o transporte rodoviário do mercado de turismo.

Como funciona a ClickBus?

A ClickBus opera como um marketplace conectando a oferta das empresas de ônibus com os viajantes, sendo a maior OTA (online travel agency) rodoviária do mundo atualmente.

“Hoje somos um dos principais catalisadores da transformação digital no setor de turismo rodoviário brasileiro. Promovemos, junto aos nossos parceiros, melhorias que deixam a experiência de viagem dos usuários mais fácil, inteligente e segura, tudo isso com ótimos preços. Este é um mercado muito amplo e com diversas oportunidades para transformar a forma como as pessoas viajam pelo país”, comentou Phillip Klien, CEO da ClickBus.

Uma das facilidades é a possibilidade de o viajante visualizar rotas, horários e viações e, em seguida, escolher a passagem que mais se encaixa àquilo que busca e fazer o pagamento dentro de uma única plataforma. Consumidores ainda podem pagar via débito, crédito e PIX.

O marketplace de passagens atua em todo o território nacional, com mais de 4 mil destinos em rotas realizadas por mais de 150 viações.

Pandemia

Com a crise sanitária global, foi lançada a "ClickBus X", uma categoria de viagem que oferece passagens de ônibus a preços diferenciados nas classes leito e executivo em rotas regulares selecionadas, com empresas parceiras que já operam nos trechos, garantindo maior conveniência, preços especiais e aplicação dos protocolos de segurança contra a covid-19.

A passagem é vendida pela ClickBus, e a operação é feita pela empresa de ônibus parceira.

A startup também lançou o “Selo de Segurança Reforçada”, que foi adotado por mais de 100 empresas de ônibus em todo o Brasil como forma de garantir o cumprimento das normas sanitárias e chancelar a qualidade dos procedimentos de higiene e desinfecção dos veículos.

O selo também considerada a implementação de uma jornada com menos contato — o que inclui o uso de máscaras, embarque com e-ticket e distribuição de álcool gel — e orientações efetivas aos passageiros sobre as medidas de segurança.

Investimento e números

Por ter sido fundada por uma aceleradora alemã, a ClickBus já iniciou seus trabalhos com um investimento, mas não fez mais nenhuma captação depois disso. Em vez disso, a empresa teve o seu breakeven em menos de 3 anos de operação.

Os números da ClickBus revelam o sucesso da startup:

  • São mais de 170 colaboradores;
  • Para atender à demanda da pandemia, houve um incremento de 17% no quadro de funcionários;
  • Durante a pandemia, o crescimento da penetração online foi de 15% para 20%;
  • O marketplace de passagem oferece bilhetes para mais de 4 mil destinos no Brasil;
  • A ClickBus tem parceria com cerca de 150 viações;
  • Até o final de 2020, a empresa já havia vendido mais de 25 milhões de passagens. 

Um estudo da própria ClickBus aponta para um crescimento do setor rodoviário brasileiro de 45% a 55% em 2021. O mercado passa por um processo de transformação digital no momento, impulsionado pela pandemia. Também é esperada uma alteração no perfil dos viajantes após a vacinação contra covid-19.

“Estamos atentos às demandas que surgem dos nossos usuários e trabalhando para trazer cada vez mais tecnologia e inovação para quem viaja de ônibus, focando sempre em entregar a melhor experiência. Ao longo dos quase 8 anos de atuação, já conseguimos trazer importantes avanços, como o e-Ticket, que era uma dor do nosso consumidor que não queria ter a preocupação de ter que imprimir ou tirar a sua passagem na rodoviária”, acrescenta Phillip Klien.

Antes da pandemia, as viagens eram mais longas, interestaduais ou até mesmo internacionais. Atualmente, os viajantes preferem viagens mais curtas, de acordo com a ClickBus, aproveitando o turismo doméstico dentro do próprio estado ou em locais próximos. Outras tendências são os destinos de ecoturismo, sem aglomeração e ao ar livre.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]