Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Lançamento do Projeto Hospital Digital do Erasto Gaertner
Lançamento do Projeto Hospital Digital do Erasto Gaertner| Foto: Américo Antonio SESA/Reprodução

O Complexo de Saúde Erasto Gaertner lançou nessa última quinta-feira (9) o projeto “Hospital Digital: Inovação, Aplicação e Prática”, fruto de um investimento de R$ 2 milhões viabilizados por meio do Programa Paraná Competitivo, do Governo do Estado, que garantiu a parceria do Volkswagen do Brasil para as implantações necessárias.

O projeto Hospital Digital alia inovação e tecnologia com avanços na digitalização de processos na área da saúde, como pulseiras para identificar a movimentação do paciente internado, autonomia para realizar a abertura de atendimento, assinatura digital e um aplicativo para visualizar o tempo de espera no Pronto Atendimento. A iniciativa também viabilizou a migração do sistema de gestão hospitalar para uma tecnologia mais moderna, que permite a ampliação da produtividade, da velocidade e amplia o foco na segurança assistencial.

As mudanças foram propostas tomando como base os preceitos da Health Information and Management Systems Society (HIMSS), associação internacional de extremo prestígio perante o setor da saúde, que desenvolveu modelos a serem seguidos pelas instituições a fim de que se creditem para receber a chancela de excelência em desenvolvimento tecnológico hospitalar. Para medir o grau de maturidade de uma instituição hospitalar em Tecnologia da Informação, a HIMSS utiliza oito etapas evolutivas, identificadas de zero a sete de acordo com as soluções disponíveis na instituição de saúde.

“O investimento possibilitou conquistarmos o estágio 4 da certificação HIMSS, que tem relação com a migração do sistema de gestão hospitalar para HTML5, permitindo a adoção de prescrição informatizada de exames na área assistencial e a implantação de um sistema de apoio à tomada de decisão que seja baseado em protocolos clínicos. Agora, estamos um passo mais próximos de poder obter a certificação de hospital digital, faltando apenas o estágio 7 da escala HIMSS para podermos iniciar o processo formal de certificação”, afirma Adriano Lago, superintendente do Complexo de Saúde Erasto Gaertner.

Além da atualização do sistema de gestão, foram realizadas outras quatro entregas em tecnologia que impactam diretamente a experiência do paciente, a segurança dos processos assistenciais, a redução de custos e a entrega de valor do Erasto Gaertner.

A primeira delas envolve o desenvolvimento e disponibilização de totens de autoatendimento para dar mais autonomia, agilidade e segurança nos acessos ao hospital; pulseiras RFID para identificar e monitorar a movimentação dos pacientes internados na instituição; portal de assinaturas e certificação digital, com valor jurídico, que diminui o uso do papel, e também um aplicativo de consulta de tempo de espera no Pronto Atendimento, permitindo que o paciente e seu familiar acompanhem os horários de maior fluxo e as tendências de redução e aumento do tempo previsto para atendimento das urgências e emergências.

“Desde o início desta parceria, a VW sempre ajudou e participou ativamente pelo melhor atendimento ao nosso paciente, com estrutura, equipamentos e, agora, com tecnologia. O fruto desse apoio é a excelência", destacou Adriano Lago, superintendente do Complexo de Saúde Erasto Gaertner.

O apoio é fruto das contrapartidas do Protocolo de Intenções, firmado entre a Volkswagen do Brasil e o governo do Estado do Paraná em 2013, dentro do programa Paraná Competitivo, que possibilitou investimentos de R$ 2 bilhões destinados ao desenvolvimento e produção do SUV T-Cross na fábrica de São José dos Pinhais.

“Acreditamos que a saúde, ligada à digitalização, torna os processos melhores, mais ágeis, além de facilitar ainda mais a vida do paciente. Essa parceria entre Volkswagen, Governo do Paraná e Hospital Erasto Gaertner é muito importante pois beneficia os envolvidos em todas as partes do processo”, ressaltou Pablo Di Si, presidente e CEO da Volkswagen América Latina.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]