Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Startup Hi Technologies desenvolveu um teste rápido que descobre em 10 minutos se há contaminação por coronavírus.
Startup Hi Technologies desenvolveu um teste rápido que descobre em 10 minutos se há contaminação por coronavírus.| Foto: Divulgação

Como a tecnologia está ajudando a diminuir a contaminação e as consequências do coronavírus no Brasil? Foi a partir desse questionamento que um grupo de empreendedores da comunidade de Governança e Nova Economia (GoNew.Co) se articulou, nesta sexta-feira (13), para reunir as principais iniciativas criadas por startups para minimizar o impacto da pandemia no país.

Em poucas horas, mais de 30 ações foram mapeadas e mais de 500 pessoas foram impactadas pelo grupo, que passou a se concentrar em grupos do WhatsApp, do Telegram e pelas redes sociais através da hashtag #StartupsVsCovid19.

A primeira versão do Mapa de Startups e Soluções para o COVID-19 dividiu as iniciativas em cinco categorias: conscientização/informação, diagnóstico, prevenção, tratamento/assistência e trabalho remoto. A publicação no LinkedIn que concentra todos os detalhes pode ser acessada aqui.

"O legal é que a comunidade tem percepção muito fresca de assuntos que estão em alta. Nós criamos um grupo específico para [discutir] isso, e dele evoluímos para um formulário online para que todos pudessem cadastrar soluções. Isso tudo acontece em um momento muito importante, em que essas ações precisam ser acessadas pelas pessoas", conta Anderson Godz, investidor à frente da iniciativa.

Apoiadora da iniciativa, a Associação Brasileira de Startups (ABStartups) utilizará sua base de 13 mil startups para buscar por outras soluções que possam integrar uma próxima versão do mapa.

Diagnóstico instantâneo

Uma das startups presentes no mapa é a Hi Technologies, que diagnostica o Covid-19 através de um teste sorológico que leva cerca de 10 minutos. O teste sairá por R$ 130. Os aparelhos serão comercializados a partir de abril e o teste já está disponível nas farmácias que já possuem o Hilab, aparelho de exame de sangue instantâneo.

Outra iniciativa é por parte da Triágil, startup de triagem médica online. Uma simples conversa com o chatbot ajuda a classificar as chances de infecção do paciente e a gravidade da infecção pelo novo vírus. A triagem é gratuita e pode ser feita por este link.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]