Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Igor Senra, CEO e cofundador da Cora.
Igor Senra, CEO e cofundador da Cora.| Foto: Cora/Divulgação

A fintech Cora, especializada em soluções financeiras para pequenas e médias empresas, anunciou nesta terça-feira (24) um aporte de US$ 116 milhões em rodada série B liderada pelo fundo Greenoaks, com participação da Ribbit Capital, Kaszek Ventures, QED Investors, Tiger e Tencent.

A startup havia captado US$ 26,7 milhões em rodada série A, liderada pela Ribbit, em abril deste ano. A série B estava prevista para o ano que vem, mas os resultados da companhia fizeram os investidores adiantarem a rodada.

A fintech oferece produtos e soluções financeiras para empresas com faturamento de R$ 4 milhões em média por ano. Entre os serviços estão: conta digital para PMEs, cartão de débito e ferramenta de gestão. Com o aporte, a Cora aposta na expansão de seu portfólio de produtos e no aumento de seu quadro de funcionários.

“Queremos expandir a nossa prateleira de produtos de crédito, incluir novas modalidades de recebimentos, assim como oferecer opções de investimentos”, diz Igor Senra, CEO e cofundador da Cora.

Com o objetivo de manter a qualidade dos serviços e triplicar o número de clientes no próximo ano – passando de 120 mil para 380 mil, segundo Senra –, a Cora projeta a contratação de colaboradores, especialmente para as equipes de tecnologia, produto e design. Até o final de 2021, a startup espera sair de 168 funcionários para 250 pessoas no time. E até 2022, a expectativa é chegar a 500 profissionais contratados.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]