Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Google for Startups apresenta relatório de impacto
Google for Startups apresenta relatório de impacto| Foto: Google for Startups/Divulgação

A Google for Startups, iniciativa da gigante de tecnologia para apoiar o ecossistema de inovação, revelou um balanço de seus 5 anos de operação no Brasil, com números sobre o impacto das startups no mercado brasileiro.

Iniciada em 2016 no Brasil, a iniciativa Google for Startups apoia empresas em diversos estágios de crescimento por meio de programas que oferecem acesso a produtos, tecnologias, boas práticas e especialistas do Google, além de parcerias com aceleradoras, incubadoras e outras organizações de suporte a startups, presentes em mais de 120 países.

De acordo com o relatório divulgado nesta quinta (19), mais de 250 startups participaram dos programas de longa duração do Google for Startups no país. Dessas, cinco são unicórnios: Creditas, Loft, Loggi, Nubank e QuintoAndar. Além disso, 27 dessas startups realizaram exits – processos de saída de investimento.

O relatório revela também que a realidade das startups que passaram por programas do Google for Startups é diferente das demais: 50% delas faturam, por mês, mais do que a média anual das startups brasileiras, sendo que 14% faturam mais de 1 milhão de reais por mês. Além disso, elas também empregam mais, com média de 44 colaboradores, enquanto 63% das startups brasileiras têm até 5 pessoas em seus quadros de funcionários.

Em números totais, as startups da rede do Google for Startups já geraram mais de 15 mil empregos e levantaram mais de R$ 35 bilhões em investimentos (uma média de R$ 4,5 milhões por startup) nesses 5 anos da iniciativa. O bom desempenho das startups também pode ser medido pelos resultados no período da pandemia. Em média, essas startups tiveram um crescimento de 17% em receita no ano de 2020, enquanto 82% delas ampliaram suas equipes (com uma média de 15 novas contratações por startup).

O relatório destaca ainda que as startups que participaram de algum programa da Google apresentam maior diversidade e inclusão em seu quadro de colaboradores, com mulheres (88%), negros (58%) e pessoas LGBTQIA+ (53%) ocupando cargos de liderança.

Por fim, o relatório analisa a avaliação das startups sobre a participação no Google for Startups: 95% delas avaliam positivamente a iniciativa da gigante de tecnologia; 87% das startups afirmaram que participar de algum dos programas contribuiu para seu aumento de credibilidade no mercado; e 75% das startups da rede concordam que a iniciativa ajudou a chegarem ao nível de capacitação técnica que possuem atualmente.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]