Em novembro, a Olist, startup curitibana que oferece solução de vendas para lojistas, recebeu um aporte que injetou R$310 milhões no negócio.
Em novembro, a Olist, startup curitibana que oferece solução de vendas para lojistas, recebeu um aporte que injetou R$310 milhões no negócio.| Foto: Eduardo Macarios/Divulgação

Um mês após receber um aporte de R$ 310 milhões para investir em internacionalização e expansão, a empresa curitibana Olist anunciou, nesta segunda-feira (21), sua segunda aquisição. A startup de logística PAX passa a integrar a empresa com o objetivo de complementar o sistema de inteligência de mercado para o e-commerce da Olist. O valor da negociação não foi revelado pelas empresas.

A PAX atuará com foco na primeira etapa do processo de transporte de mercadorias, conhecida por first mile, reduzindo o prazo de entrega para o consumidor independente da sua localização. A aquisição deve aumentar a capacidade produtiva da Olist para centenas de milhares de pedidos por mês.

Como parte da sua estratégia de logística, atualmente a logtech tem centros de distribuição (cross docking) em cinco capitais: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte e Porto Alegre. Após a aquisição, a meta da Olist é criar 30 novos hubs de distribuição em 2021.

“Uma das nossas prioridades é acelerar a dinâmica de aquisições em mercados e produtos que façam sentido. A chegada da PAX é o nosso segundo grande movimento após o anúncio da rodada de investimentos. A primeira foi na Clickspace, startup especializada em soluções relacionadas a marketplaces e social commerce. Estamos ativamente conversando e negociando com outros players”, relata Eduardo Ferraz, CFO da Olist.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]