Pequenas empresas confiam mais em fintechs do que em grandes bancos
| Foto: rupixen.com/Unsplash

As pequenas e médias empresas brasileiras que trabalham em parceria com fintechs têm mais confiança em fintechs do que em bancos tradicionais, segundo pesquisa realizada com 349 gerentes das áreas financeira e de contabilidade pelo Capterra, empresa da Gartner.

Segundo o estudo, 71% das PMEs que utilizam fintechs têm um nível de confiança alto (55%) ou muito alto (16%) nos serviços contratados. Em contrapartida, entre as empresas que adotam instituições financeiras tradicionais, os números caem para 28% e 4% dos entrevistados, respectivamente.

A pesquisa do Capterra aponta também que as fintechs mais utilizadas pelas pequenas e médias empresas são as de gestão financeira e contabilidade (61%), pagamentos (60%), investimentos (40%) e seguros (21%).

Ainda segundo o levantamento, o nível de satisfação dos usuários de fintechs também é maior: 57% deles dizem estar satisfeitos com os serviços contratados e 18%, muito satisfeitos. Entre as empresas que apenas usam instituições financeiras tradicionais, tais números caem para 14% e 2%, respectivamente.

Três de cada quatro entrevistados aponta a praticidade como o principal motivo de a empresa ter adotado uma fintech em alguma das áreas analisadas e mais da metade (56%) destaca a menor burocracia para contratar serviços. Por outro lado, pouco menos de um de cada três ressaltou a variedade de serviços oferecidos por essas instituições como motivo da escolha.

"Por outro lado, pouco menos de um de cada três ressaltou a variedade de serviços oferecidos por essas instituições como motivo da escolha. O dado não surpreende, já que, de maneira geral, grandes instituições financeiras, como bancos, têm maior capacidade de operar em diversos setores e oferecer uma maior variedade", analisa Lucca Rossi, analista do Capterra.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]