Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Escritório da startup curitibana MadeiraMadeira.
No balanço do semestre, duas startups brasileiras já se tornaram unicórnios em 2021.| Foto: Leticia Akemi/Gazeta do Povo

A empresa de inovação aberta Distrito divulga todo início de ano uma lista com as principais startups que devem se tornar unicórnios no ano seguinte. Neste segundo semestre é hora de fazer um balanço sobre quais empresas da lista atingiram a marca.

Startups unicórnio são aquelas com valor de mercado cotado em mais de um bilhão de dólares. A lista divulgada no início do ano contou com nomes como Conta Azul, Dr Consulta, Neon, Minuto Seguros, Petlove, Cargo X, Solinftech, Superlógica, Tembici, Fazenda Futuro, Contabilizei, Zenvia, Buser, Take Blip, Cortex, Pipefy e Olist. Ao contrário do previsto, duas empresas que não estavam na lista entraram para o clube das mais valiosas.

A primeira empresa a entrar no grupo de unicórnios do ano foi a curitibana MadeiraMadeira, após receber um investimento de US$ 190 milhões e atingir valor de mercado de US$ 1 bilhão. O aporte foi liderado pelo fundo Softbank, além dos gestores Dynamo, Flybridge e Monashees. O valor impulsionou a expansão de lojas para sete cidades brasileiras e fomentou também seu crescimento em logística.

O segundo unicórnio do ano foi a Holding do Mercado Bitcoin, especialista em criptoativos, após receber um investimento de US$ 200 milhões do Softbank. O Mercado Bitcoin é o primeiro unicórnio cripto do Brasil, com valor de mercado cotado em US$ 2,1 bilhões.

O crescimento da empresa é calçado em grandes números. A startup, investida também pelo Distrito, passou de 2,1 milhões de clientes para 3,5 milhões nos primeiros meses deste ano.

Já a curitibana Contabilizei recebeu em janeiro um investimento do SoftBank, cujo valor não foi divulgado. Segundo Vitor Torres, CEO da Contabilizei em entrevista concedida ao GazzConecta, o status de unicórnio não é um marco perseguido pela empresa.

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]