Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
quinto andar
André Penha e Gabriel Braga, cofundadores do Quinto Andar.| Foto: Kandrade/Divulgação

Nesta sexta-feira (28), o unicórnio Quinto Andar anunciou o recebimento de um aporte no valor de US$ 300 milhões, liderado pelo fundo Rabbit Capital. Com isso, a startup chega US$ 4 bilhões em valor de mercado, posicionando a empresa como a segunda maior startup do Brasil — atrás apenas do Nubank — e quarta maior da América Latina, segundo relatório do CB Insights.

O investimento será destinado principalmente para três frentes: atração de talentos; desenvolvimento da plataforma; e início do processo de internacionalização, começando pelo México. A expansão mais recente do Quinto Andar foi em janeiro deste ano, para o nordeste brasileiro.

Se tornar o destino principal para quem quer encontrar o local ideal para viver, esse é o objetivo principal da plataforma segundo Gabriel Braga, CEO do Quinto Andar.

"Embora o setor imobiliário seja eminentemente um negócio local, com nuances e efeitos de rede particulares a cada lugar, acreditamos que os principais problemas e dinâmicas de mercado são bastante semelhantes em toda a América Latina, por isso estamos tão animados em ampliar nosso impacto na região”, descreve.

O quinto andar não é o topo

Desde sua fundação em 2013, o Quinto Andar já levantou mais de US$ 600 milhões em investimentos, distribuídos em cinco rodadas. A startup atingiu o marco de unicórnio em setembro de 2019, ultrapassando US$ 1 bilhão em valor de mercado.

A companhia conta com mais de 100 mil contratos sob gestão e segue uma média de 10 mil novos aluguéis fechados por mês. A plataforma desenvolvida permite alugar ou comprar um imóvel com processo digital de ponta a ponta.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]