Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Fintech curitibana lança solução de saque no varejo
Fintech curitibana lança solução de saque no varejo| Foto: Pexels, Kampus Production/Reprodução

A fintech curitibana Sled anunciou o lançamento do Sled Saque – solução de saque com cartões de débito e pré-pago em postos de combustível, farmácias e supermercados, facilitando a vida de milhões de brasileiros que vivem distantes de bancos e caixas eletrônicos.

O serviço, idealizado em parceria com a Mastercard e Banco Original, já está disponível em cerca de 20 pontos no Estado do Paraná, incluindo cidades como Curitiba, Foz do Iguaçu e Cascavel. Com o Sled Saque, o consumidor pode sacar quantias em dinheiro sem precisar realizar qualquer comprar ou pagar taxa adicional pela operação.

“O Sled Saque nasce como uma alternativa importante para o brasileiro, que ainda depende muito do dinheiro físico em um cenário em que ele está cada vez menos disponível” explica Anderson Locatelli, CEO da Sled.

Até o final do ano, a perspectiva é de ter cinco mil pontos disponíveis operando o Sled Saque em todas as regiões do país. A expansão pelo Brasil começa a partir de julho em estados como São Paulo, Bahia, Pernambuco e Tocantins, movimento impulsionado por parcerias de abrangência nacional no segmento de supermercados farmácias e combustível, além de importantes grupos de varejo regionais.

Como funciona o saque no varejo

Para realizar um saque usando a solução Sled Saque, o consumidor deve se dirigir a um varejista cadastrado e solicitar ao operador do caixa um saque, informando o valor, que pode variar de R$ 20 a R$ 200. Após inserir ou aproximar o cartão no pin pad e confirmar a operação, o solicitante receberá as cédulas do caixa da loja.

O consumidor pagará uma tarifa apenas se a sua conta bancária contratada fizer esse tipo de cobrança, assim como ocorre em caixas eletrônicos e unidades bancárias. Para o varejista que disponibiliza o serviço, há a garantia de receber o dinheiro da mesma forma que todas as transações realizadas com cartão em D1.

“Outra vantagem para o lojista é a atração de novos clientes e, principalmente, a redução da necessidade de fazer as sangrias diárias no caixa. Ele ainda se beneficia pela segurança de não acumular grandes quantias em loja, além de reduzir o transporte de valores”, lembra o CEO da Sled.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]