Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Terceira edição do Smart City Expo Curitiba foi confirmada para 18 e 19 de junho.
Terceira edição do Smart City Expo Curitiba foi confirmada para 18 e 19 de junho.| Foto: Anderson Laus Netto

A terceira edição do Smart City Expo Curitiba, versão brasileira do maior congresso de cidades inteligentes do mundo, a princípio aconteceria nos dias 26 e 27 de março. Devido à pandemia do novo coronavírus, a data oficial do evento foi adiada para 18 e 19 de junho.

Mas, para continuar trazendo o debate sobre o tema antes do congresso, a organização do SCE está promovendo uma maratona de lives com diversos especialistas da área que acontecem ao longo desta quinta e sexta-feira no Instagram @smartcityexpocuritiba.

Confira a programação a seguir:

Tecnologias, educação e startups

Na quinta-feira (26), os diretores do iCities Beto Marcelino, Caio Castro e Eduardo Mazzarolo recebem especialistas das áreas de educação, tecnologia e startups.

A programação abre às 9h com a live “Educação e sociedade digital: na direção de cidades criativas”, com a presença de Marcos Batista, diretor de inovação do Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul (SP).

Às 10h30, é a vez de Francisco Milagres, embaixador da plataforma OpenExO, que vai tratar do tema “Tecnologias de impacto aplicadas a cidades”.

Às 14h, Fabro Steibel, diretor executivo da ITS Rio, fala sobre “Vivendo em uma cidade inteligente – um passo adiante no futuro”. Às 16h, a live "Ciência de Dados para Cidades Inteligentes" será com o pesquisador Kleber Canuto, coordenador de Ciência de Dados e Desenvolvimento de Novos Negócios Digitais no Senai-PR.

Fechando o primeiro dia, às 19h, Luiz Gustavo Comeli, regional manager do Distrito Spark CWB, fala sobre o papel das startups no desenvolvimento ágil das cidades.

Inovações e governança

Já na sexta-feira (27), às 9h, a live em espanhol "A importância econômica dos ecossistemas de inovação em tempos de crise” será realizada com Josep Piqué, presidente da Technova Barcelona (Parque de Inovação La Salle) e da XPCAT (Rede Catalã de Parques Científicos).

Às 10h30, Rhodrigo Deda, presidente da Comissão de Inovação e Gestão da OAB-PR, apresenta “Estratégias para fomentar a nova economia do século 21”.

O período da tarde chega com Letícia Sugai abordando modelos de governança para que as cidades se tornem organizações enxutas, às 14h, seguida pela pesquisadora Ana Carolina Benelli, consultora do Instituto de Tecnologia e Sociedade, às 16h, na live “Como fazer com que as promessas de cidades inteligentes se tornem realidade e atendam as expectativas dos cidadãos?”.

A maratona se encerra às 19h na live “Lidando com a complexidade: inovações em políticas públicas”, com a especialista Ana Paula Bruno, do Ministério de Desenvolvimento Regional.

A minibiografia e os detalhes sobre as áreas de atuação de cada especialista estão disponíveis neste link.

Smart City Expo Curitiba 2020

O Brasil é um dos sete países no mundo a receber uma edição do Smart City Expo, que é organizada pela empresa curitibana iCities, apoiada pela Prefeitura de Curitiba e tem a chancela da FIRA Barcelona – consórcio que desde 2011 realiza, em Barcelona, o principal congresso da área. A expectativa é que Curitiba receba, neste ano, 10 mil visitantes – um aumento de 47% com relação à edição anterior.

Com o tema “Smart Cities in action”, a proposta de 2020 é desmistificar a ideia de que cidades inteligentes são um tema complexo e mostrar o que já está sendo feito na prática – tanto no Brasil como em outros países – que pode servir de exemplo para pequenas, médias e grandes cidades, tanto por parte do poder público como da iniciativa privada. Mais de 30 palestrantes já estão confirmados para os dois dias.

Confira abaixo a primeira live da programação, que aconteceu na terça-feira (24) com o especialista em smart cities Renato de Castro e o diretor do iCities Caio Castro:

1 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]