Conheça os arquitetos premiados pela Trienal de Lisboa como os mais promissores do mundo

Os jovens arquitetos espanhóis Laura Bonell e Daniel López-Dòriga, do escritório de Barcelona Bonell+Doriga, são os vencedores do Prêmio Début da Trienal de Arquitetura de Lisboa 2019

Os arquitetos Laura Bonell e Daniel López-Dòriga, do escritório Bonell+Doriga, recebem o Prêmio Début da Trienal de Arquitetura de Lisboa2019. Foto: Europan España/Reprodução

por Luan Galani

05/10/2019

compartilhe

Conhecidos mundialmente desde 2016 pela plataforma ‘A Series of Rooms‘, que apresenta um estudo superextenso e multidisciplinar sobre os espaços domésticos e os arquétipos do morar, os jovens arquitetos Laura Bonell e Daniel López-Dòriga, 32 anos, do escritório Bonell+Doriga, sediado em Barcelona, são os vencedores do Prêmio Début da Trienal de Arquitetura de Lisboa 2019.

A informação foi anunciada oficialmente na tarde deste sábado (5) em um evento no Palácio Sinel de Cordes, em Lisboa. Além do título, a dupla receberá 5 mil euros e a oportunidade de palestrar durante a Trienal.

Veja um dos projetos da dupla catalã:

A premiação chega à sua terceira edição em 2019 com o objetivo de celebrar o trabalho e impulsionar a carreira de arquitetos de até 35 anos de idade. Os dez nomes mais promissores do mundo integram a lista de finalistas, divulgada em agosto. A seleção foi feita por um júri internacional composto por profissionais de seis diferentes países. Os brasileiros Sauermartins, de Porto Alegre (RS), e Gru.a Arquitetos, do Rio de Janeiro (RJ), estavam entre os finalistas.

O estúdio espanhol surgiu em 2014 depois que Laura e Daniel se formaram na Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona, com experiências na Accademia di Architettura di Mendrisio, na Suíça, e na Universidade Técnica de Munique, na Alemanha. Desde então, Bonell+Doriga trabalham em pequenos projetos privados e de concursos públicos.

LEIA TAMBÉM:

Prédio de Curitiba é o primeiro do mundo a ganhar certificação de autossuficiência em água

Opinião: desafio da arquitetura é pensar um caminho para diminuir a desigualdade

Coletivo cria grupo de estudos para jovens arquitetos compartilharem experiências

Lado B da Rua XV inspira projeto de “moradia fraternal” e novo espaço para ambulantes

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você