Cervejaria brasileira ganha prêmio da Unesco por projeto arquitetônico deslumbrante

Assinado pelo arquiteto Gustavo Penna, projeto do Ateliê Wäls reúne fábrica, adega e restaurante em ambiente convidativo à experimentação dos rótulos

Foto: Daniel Mansur/Divulgação

por HAUS

10/05/2018

compartilhe

Uma imensa barrica de madeira emoldurada pelas verdes montanhas de Belo Horizonte (MG). Assim pode ser descrito o projeto do Ateliê Wäls, centro cervejeiro da marca de mesmo nome eleito pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e pela União Internacional dos Arquitetos (UIA) como o melhor projeto de arquitetura na categoria restaurantes do Prix Versailles 2018 (etapa América do Sul, Central e Caribe).

Projeto é assinado pelo escritório GPA&A, do renomado arquiteto Gustavo Penna. Foto: Daniel Mansur/Divulgação

O projeto é assinado pelo escritório GPA&A, do renomado arquiteto Gustavo Penna, também da capital mineira, e traz uma proposta lúdica e divertida, como destaca o profissional. Com mais de 1,8 mil m² de área, o complexo reúne a fábrica de cerveja, adega, escritório, loja, restaurante e uma área externa para foodtrucks, tornando o ambiente ideal para o encontro entre amigos e a experimentação das cervejas artesanais.

“O Ateliê Wäls era um sonho antigo que o Gustavo Penna ajudou a colocar em pé. Ele foi pensado para ser a casa do mineiro e uma homenagem a Belo Horizonte”, disse em nota o fundador da Cervejaria Wäls, José Felipe Carneiro.

LEIA MAIS 

>>> Menor cafeteria de Curitiba tem apenas 3 m² e muito estilo na decoração

>>> Escritório surpreende com projeto de restaurante no fundo do mar

Interior

As referências à cerveja estão em todos os detalhes do projeto, que tem no amplo balcão em tom avermelhado, que celebra o estilo inglês India Pale Ale, um de seus destaques. Com 21 torneiras dedicadas às cervejas Wäls, ele compõe com a prateleira de garrafas e a grande cortina confeccionada com 135 mil rolhas de cortiça um ambiente propício à degustação dos rótulos.

135 mil rolhas de cortiça foram utilizadas na confecção da cortina que emoldura o espaço. Foto: Daniel Mansur/Divulgação

Esta é a primeira vez que uma cervejaria é reconhecida com o Prix Versailles (premiação anual dedicada à arquitetura de prédios comerciais). A conquista coloca o Ateliê Wäls como forte candidato a ser o primeiro brasileiro a vencer a etapa mundial da premiação, que será anunciada no próximo dia 15 de maio na sede da Unesco, em Paris.

Veja mais fotos do projeto! 

Entrada do complexo faz referência às barricas de madeira. Foto: Daniel Mansur/Divulgação

Projeto de interior traz referência ao mundo cervejeiro em todos os detalhes. Foto: Divulgação

Centenas de barricas guardam milhares de litros de cerveja ao mesmo tempo em que dividem os ambientes do complexo. Foto: Divulgação

Ateliêr Wäls reúne fábrica, loja, restaurante, escritório, adega e área externa. Foto: Daniel Mansur/Divulgação

Tons de vermelho da decoração remetem ao estilo inglês India Pale Ale. Foto: Daniel Mansur/Divulgação

Projeto contrasta de forma harmônica com o verde das montanhas de Belo Horizonte (MG). Foto: Divulgação

LEIA TAMBÉM

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você