i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Biotic

Brasília vai ganhar novo bairro projetado por Carlo Ratti

  • PorSharon Abdalla
  • 14/08/2020 15:46
Imagem: Divulgação/Carlo Ratti Associati
Imagem: Divulgação/Carlo Ratti Associati| Foto:

Patrimônio da Unesco com um projeto urbano reconhecido em todo o mundo, traçado por Lúcio Costa e Oscar Niemeyer, Brasília irá ganhar uma extensão assinada por um nome igualmente de peso: o escritório Carlo Ratti Associati, que tem à frente o arquiteto italiano homônimo, também diretor do Senseable City Lab do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).

Siga a HAUS no Instagram!

Batizado de Biotic, o projeto desenvolvido para a Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap) prevê a criação de um bairro com 1 milhão de m², que terá a tecnologia e a inovação como foco. Localizado entre a ponta norte e o Parque Nacional de Brasília, o local recontextualiza a estruturação urbana da capital federal ao trazer residências, escritórios, praças e parques para dentro da área do bairro, de forma a manter o uso do espaço ao longo de todo o dia, em uma proposta que faz referência à "herança modernista de maneiras novas", como destaca a nota divulgada pelo escritório.

Imagem: Divulgação/Carlo Ratti Associati
Imagem: Divulgação/Carlo Ratti Associati

"A primeira vez que visitei Brasília, um amigo e morador de longa data me contou uma piada: ‘Você sabe qual é o problema de Brasília? O bairro dos cafés fica longe do bairro do açúcar'. Em suma, uma questão fundamental reside na falta de uso misto e na subdivisão estritamente funcional da cidade de acordo com os princípios modernistas - que pretendemos superar com o nosso plano”, detalha Ratti.

Assim, as quatro escalas urbanas definidas por Lúcio Costa no Plano Piloto de Brasília - residencial, monumental, gregária e bucólica - estarão presentes no novo bairro, mas misturadas. O modelo icônico das superquadras também será revisto, por meio da criação de ruas internas e praças que privilegiem os pedestres e estimulem o convívio social.

Imagem: Divulgação/Carlo Ratti Associati
Imagem: Divulgação/Carlo Ratti Associati

A integração entre as áreas internas e externas é outra presença marcante no projeto, que pretende fazer de restaurantes e cafés ao ar livre espaços de trabalho e abrir os edifícios para o exterior. Isso se dará por meio de um sistema de fachada de madeira que, funcionando como uma cortina, poderá deslizar ao longo do edifício permitindo a seus ocupantes desfrutarem do clima da capital federal, como explica James Schrader, gerente de projeto da CRA, também em nota.

“Brasília é uma metrópole fascinante: um eixo monumental e duas asas que cativam quando você a olha do avião. Mas como disse certa vez a intelectual francesa Simone de Beauvoir, 'Brasília é uma extensão de elegante monotonia […] A rua, esse ponto de encontro de […] transeuntes, de lojas e casas, de veículos e pedestres [. ..] não existe em Brasília e nunca existirá'. Nosso projeto visa contrariar esta proposta e trazer uma nova vibração para Brasília”, completa Ratti.

Imagem: Divulgação/Carlo Ratti Associati
Imagem: Divulgação/Carlo Ratti Associati

Inovações relacionadas à mobilidade também estão previstas, como o acesso às ruas e áreas internas exclusivamente por veículos autônomos e compartilhados. O master plan do Biotic foi desenvolvido pela CRA em colaboração com a Ernst&Young.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.