Abrigo para crises humanitárias projetado em um dia por estudantes paranaenses recebe reconhecimento internacional

O projeto Bulletproof Home, criado pelos estudantes Caroline De Carli e João Pedro Lopes Andrade, recebeu menção honrosa no concurso relâmpago Ideas Forward, no qual participantes devem entregar suas propostas em 24 horas

Projeto “Bulletproof Home” foi assinado por dois estudantes da UTFPR. Foto: divulgação

por Aléxia Saraiva

18/07/2018

compartilhe

É possível uma cidade estar preparada para uma crise humanitária? Seja por conflitos armados, epidemias, crises de alimentos ou desastres naturais, essa triste realidade comum na sociedade contemporânea foi o tema que guiou a 24ª. edição do prêmio internacional de arquitetura Ideas Forward — e no qual dois estudantes paranaenses, Caroline De Carli e João Pedro Lopes Andrade, receberam menção honrosa. Ambos são estudantes da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR): ela, de arquitetura e ele, de engenharia civil.

A ideia do prêmio era, justamente, propor uma vila que estivesse preparada para não apresentar alguns dos problemas mais comuns decorrentes das crises humanitárias: falta de comida e abrigo, riscos à saúde e ao bem-estar de uma comunidade. Sem especificar o número de pessoas nem sua localização, os pré-requisitos exigiam o desenho de dois espaços: um que concentrasse centro médico, dormitórios para famílias, instalações sanitárias, refeitório, vestiário e depósito para alimentos; e um para receber equipes de voluntários. Detalhe: a partir do momento em que o tema é divulgado, os participantes têm apenas 24 horas para entregar todo o projeto.

Foto: divulgação

No Bulletproof Home, os estudantes paranaenses propuseram abrigos modulares triangulares que, para serem transportados, podem ser montados, virando um hexágono e podendo ser carregados por drones. Um dos pontos altos é o seu material: os módulos seriam feito em kevlar, fibra sintética usada em coletes à prova de balas. “É um tecido duas vezes mais resistente que o aço e muito mais leve — mas é muito caro”, explica Lopes Andrade.  “A empresa que produz esse tipo de material tem garantia para apenas uma bala, mas mesmo assim o tecido continua útil porque é resistente”. Por isso, a ideia é reaproveitar esse material inutilizado.

O projeto diferencia dois tipos de módulos para atender à proposta. Os amarelos funcionariam como dormitórios, enquanto os vermelhos concentrariam as funcionalidades. Cada face do triângulo teria 2,5 metros de comprimento, dando ao abrigo uma altura de aproximadamente 2 metros . “Nosso objetivo não era conforto, mas garantir a segurança“, conclui o estudante.

Projetos vencedores

Projeto vencedor tem em caminhões toda a estrutura necessária para os abrigos, otimizando o transporte. Foto: divulgação

O primeiro lugar ficou para Andrew Robertson, do Reino Unido. No seu projeto, The Crisis Fleet, a ideia era justamente desconstruir a ideia de acampamentos temporários, levando ao extremo sua característica efêmera: todas as instalações ficam em caminhões adaptados para cada uma das funções, otimizando o transporte.

Mais três brasileiros receberam menções honrosas nesta edição: Anderson Beuting, de Brusque (SC), e Gustavo Murilo Pessini e Uilian Marconato, de Santa Maria (RS). O júri do prêmio foi composto por cinco pessoas especialistas da arquitetura humanitária: João Santa Rita (Portugal), Bonaventura di Modrone (Itália), Pedro Novo (Portugal), Susel Biondi (Peru) e Chang Kyu Lee (Estados Unidos). Todos os premiados podem ser conferidos no site oficial da competição.

Estudantes Caroline De Carli e João Pedro Lopes de Andrade são namorados há um ano. Esta foi a segunda vez que participaram do concurso Ideas Forward. Foto: João Pedro Lopes de Andrade e Caroline de Carli

Essa não é a primeira vez que o casal é destaque em prêmios internacionais de design e arquitetura. Em março, os estudantes ficaram em 3º lugar no prêmio CLUE Competition com o projeto Awallness, que criava um muro alternativo na fronteira da Cisjordânia.

LEIA MAIS

Curitibanos levam o RIBA 2018, um dos principais prêmios de arquitetura do mundo

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você