Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Estudantes de arquitetura e design de 26 países são chamados para resolver problemas de ruas de Curitiba
| Foto: Ari Dias/AEN

Curitiba é uma das cidades participantes do Desafio Internacional de Design de Rua, promovido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), em que estudantes de arquitetura, urbanismo e design se debruçam sobre os problemas de ruas de outras cidades do mundo e sugerem soluções de baixo custo e autossuficientes. Nesta edição de 2021, Curitiba é realizadora do evento junto com Wuhan, na China, e Querétaro, no México.

Participam do evento as seguintes cidades e países: Courtrai, Bélgica; Xangai, China; Geelong, Austrália; Querétaro, México; Wuhan, China; Montréal, Canadá; Graz, Áustria; Bangcoc, Tailândia; Fortaleza, Brasil; Dundee, Escócia; Ashahikawa, Japão; Bilbao, Espanha; Seul, Coreia do Sul; Shenzhen, China; Detroit, Estados Unidos; Nagoia, Japão; Turim, Itália; Bandungue, Indonésia; Helsinque, Finlândia; Saint-Étienne, França; Cobe, Japão; Puebla, México; Kolding, Dinamarca; Cingapura, Malásia; Pequim, China, e Cidade do Cabo, África do Sul.

Siga a HAUS no Instagram

Curitiba realiza junto a Unesco o Desafio Internacional de Design de Rua.
Curitiba realiza junto a Unesco o Desafio Internacional de Design de Rua.| Divulgação

Podem participar equipes de quatro a seis alunos de universidades sediadas nas cidades participantes, lideradas por até dois professores. A ideia é que o desafio seja um projeto educacional internacional onde as cidades vão trabalhar em parceria, trocando experiências e oferecendo soluções.

Interessados em participar podem entrar em contato com a assessoria de relações internacionais da Prefeitura de Curitiba pelo e-mail: gzuchetti@curitiba.pr.gov.br.

Alguns dos participantes das 26 cidades do mundo que integram o desafio da Unesco.
Alguns dos participantes das 26 cidades do mundo que integram o desafio da Unesco.| Divulgação

Para Ana Eugenia Vázquez, da Prefeitura de Querétaro, no México, a experiência internacional visa expandir as noções do poder do design entre os ecossistemas criativos das cidades. “Esperamos que empoderem nossos jovens profissionais criativos a compreender seu papel como tomadores de decisão importantes para o desenvolvimento urbano sustentável. São ações locais com impacto global”, defende Ana.

Os representantes de todas as cidades inscritas no desafio serão convidados para um encontro no dia 16 de setembro para acompanhar as etapas de preparação e apresentar a dinâmica do evento. As equipes participantes também terão espaço aberto para esclarecer dúvidas nos encontros agendados para os dias 2 e 4 de novembro.

As soluções apresentadas vão ser avaliadas por especialistas e representantes da cidade, inclusive por quem apresentou a rua e a classificação da pontuação definirá a cidade vencedora do desafio.

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]