Estátuas símbolo da Ilha de Páscoa correm sério risco de desaparecer

Famosas estátuas Moai estão se deteriorando pela ação dos liquens e restauradores de Florença apresentam plano de restauro para autoridades chilenas

Foto: Bigstock

por Luan Galani

15/05/2019

compartilhe

As famosas estátuas da Ilha de Páscoa, no Chile, correm o risco de desaparecer. Devido à ação dos liquens, vários buracos e rachaduras são cada vez mais frequentes e começam a deformar as estruturas.

Atentos a realidade, restauradores do tradicional instituto de Florença Lorenzo de Medici conceberam uma maneira de salvar as faces gigantes de pedra. O projeto foi apresentado no último dia 12 de maio para o Ministro da Cultura, Arte e Patrimônio do Chile, Consuelo Valdés Chadwick.

Foto: Bigstock

O representante chileno recebeu em primeira mão os resultados obtidos com o projeto piloto de restauro de quatro das 1.042 estátuas. As pesquisas começaram há 7 anos, quando o italiano Lorenzo Casamenti e professores da Universidade de Santiago se juntaram para analisar os liquens.

“Percebemos que o estrago na rocha era ainda mais sério. Fizemos o diagnóstico e começamos a terapia em quatro das estátuas”, explica Casamenti, que encabeça o projeto. “O tratamento surtiu efeito. As peças tratadas estão em perfeitas condições, mas existem pelo menos umas 60 que precisam de ação imediata.”

Foto: Bigstock

Se aprovado pelas autoridades chilenas e pelos representantes do Parque Nacional Rapa Nui, o restauro das estátuas pode começar de forma oficial em setembro.

“Nossa intervenção é absolutamente livre. A intenção é treinar restauradores locais para que possam continuar com a preservação das estátuas em pedra Toba”, justifica Casamenti.

LEIA TAMBÉM:

Conheça o casal brasileiro que mora sozinho na 1ª smart city social do mundo

Curitiba vai ganhar Centro de Pesquisas Avançadas em Patrimônio Histórico com apoio de instituto francês

Prédio de madeira mais alto do mundo terá 80 metros

 

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você