i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?

França aprova construção de projeto moderno em Notre-Dame

  • PorGazeta do Povo
  • 12/08/2019 15:10
Foto: divulgação/Zeyu Cai e Sibei Li
Foto: divulgação/Zeyu Cai e Sibei Li| Foto:

Depois do incêndio que destruiu parte da Catedral de Notre-Dame, em Paris, no dia 15 de abril, a Assembleia Nacional da França aprovou o projeto de lei de reconstrução da igreja. A medida, no entanto, é controversa: ela abre espaço para que um novo pináculo com características contemporâneas dê lugar ao que foi derrubado pelo fogo.

A decisão é contrária a que havia sido aprovada anteriormente pelo Senado francês, que havia decidido que o projeto deveria ser fiel ao “último estado visual conhecido”, e que o uso de material diferente do original teria de ser justificado. Essa demanda não foi adotada no texto aprovado, o que abriu margem para a discussão proposta ainda em abril, quando o Primeiro Ministro Edouard Philippe anunciou que a França lançaria um concurso internacional de arquitetura para reconstruir a parte estrutural que desabou no incêndio.

Foto: Bigstock
Foto: Bigstock

A medida votada pela Assembleia, adotada em 16 de julho, prevê que o novo pináculo seja construído em até cinco anos — prazo sugerido pelo presidente Emmanuel Macron e que tem sido alvo de controvérsia.

As obras estão paradas desde 25 de julho por conta do risco de contaminação por chumbo decorrente do incêndio. Segundo o Le Monde, o fogo provocou a fusão e difusão de 400 toneladas do elemento químico, subindo a taxa presente no sangue de frequentadores da região para um número superior ao indicado pela Agência Regional de Saúde. A nova previsão de retomada dos trabalhos é o dia 16 de agosto, com a garantia de que se atendam às recomendações trabalhistas.

Novo pináculo

França aprova construção de projeto moderno em Notre-Dame

Após o incêndio, a editora de livros independentes GoArchitects promoveu o concurso “The People’s Notre-Dame Design Competition” para reunir ideias para o novo pináculo, que recebeu projetos de mais de 200 designers de 56 países diferentes, com o intuito de reunir os preferidos em um livro. Em julho, mais de 30 mil pessoas votaram em seus projetos favoritos.

Os vencedores do concurso foram os arquitetos chineses Zeyu Cai e Sibei Lin, com o projeto denominado “Paris Heartbeat”. A ideia para o novo pináculo é composta por um telhado com múltiplos espelhos que refletem o seu exterior — o que cria um novo visual para o ambiente urbano para cada perspectiva.

A torre é composta por um caleidoscópio em vidro que emula o efeito dos vitrais da catedral, criando um reflexo interno que tinge a luz conforme ela passa para o interior do edifício.

França aprova construção de projeto moderno em Notre-Dame

O topo da torre é equipado com uma cápsula do tempo projetada para ser aberta a cada 50 anos, também brincando com o imaginário histórico da cidade. A surpresa é que ela levita: a partir de uma instalação magnética, ela flutua enquanto “mantém a memória do passado e reserva o espaço para a história futura”.

“Acreditamos que o incêndio de 2019 vai marcar uma nova era para Notre-Dame. A cada momento, o edifício terá um novo visual, combinando com o ambiente urbano em mudança. Uma forte ligação entre o edifício, a cidade e o tempo é criada com essa reflexão”, afirmam os arquitetos em seu projeto.

Confira aqui todos os inscritos.

LEIA MAIS

8 propostas contemporâneas e polêmicas para a estrutura de Notre-Dame destruída pelo fogo

Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.