Homenagem a Curitiba é destaque na decoração de uma das maiores startups do país

MadeiraMadeira cria espaço de convivência inspirado nos ícones de Curitiba

Sede da MadeiraMadeira inaugura área que retrata do orgulho do curitibano, enaltecendo ícones da arquitetura, urbanismo e cultura da cidade. Fotos: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo

por Daliane Nogueira

compartilhe

“O mundo das startups saiu do eixo Rio-São Paulo.” A frase é de Daniel Scandian, um dos fundadores e CEO da MadeiraMadeira, e-commerce fundado em 2009 em São José dos Pinhais e que se transformou em um dos maiores sites de venda de móveis e produtos para residência do Brasil. Há pouco mais de um ano a empresa passou a ocupar seis andares de um prédio no Centro de Curitiba e, nas definições de marcação do espaço, Daniel tinha a clareza da necessidade de despertar o orgulho de Curitiba.

MAIS SOBRE STARTUPS

>>> Startup cria plataforma que conecta compradores e designers de todo o país

Assim surgiram plotagens e grafites homenageando ícones da arquitetura e da cultura da cidade em vários pontos das áreas de trabalho até culminar na mais recente criação: uma área de descompressão para os colaboradores reproduzindo vários pontos turísticos e que marcam o dia a dia dos curitibanos.

Espaço de convívio em homenagem a Curitiba na sede da MadeiraMadeira. Foto: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo

Quem assina o local, que será inaugurado oficialmente na próxima sexta-feira (6), é a arquiteta Mariana Verdasca Guimarães, da Main Arquitetura e Interiores. “Criamos uma espécie de área ‘Curitiba proud’ (orgulho de Curitiba), reunindo um pouco do que traduz a cidade”, explica a profissional.

A área aberta no segundo andar do edifício dá para a Praça Santos Andrade, com vista para a copa de diversas araucárias. Em uma das paredes o artista urbano Gustas [Gustavo Santos Silva] fez um painel retratando o Jardim Botânico e muitas árvores símbolo de Curitiba. O bondinho da XV foi retratado em outra extremidade do ambiente.

Detalhe da estrutura metálica criada para relembrar as estações tubos. Foto: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo

O grande destaque fica por conta do grafite do petit-pavé no piso — que recebeu o acabamento em porcelanato líquido — e a instalação de uma estrutura em metal lembrando uma estação tubo, o clássico ponto de ônibus do curitibano.

O bondinho, os bancos e o petit-pavé da Rua XV de Novembro foram contemplados no projeto. Foto: Ana Gabriella Amorim / Gazeta do Povo

“Eu não nasci aqui, mas escolhi morar e empreender em Curitiba e senti a necessidade de marcar essa cultura. Em muitas viagens que fiz para o processo de fortalecimento da MadeiraMadeira [hoje a startup conta o investimento de três fundos de Venture Capital nacionais e internacionais: Flybridge, Kaszek e Monashees], era preciso explicar primeiro de onde eu vinha, onde ficava Curitiba, que tamanho tinha, qual era o histórico. Esse processo deixou claro para mim que marcar a cidade na decoração e na cultura da empresa significa para nós levantar a bandeira das startups locais”, afirma Daniel.

Novidades e futuro

O site tem hoje mais de 60 mil produtos cadastrados e a perspectiva é chegar a dois milhões de itens até 2021, com o lançamentos de linhas próprias e voltadas para um público interessando em peças com apelo de design e valor agregado maior. Para isso, a empresa prevê o investimento em design e no desenvolvimento de outras linhas próprias.

Um dos escritórios da MadeiraMadeira: painéis do artista Gustas representando pontos turísticos de Curitiba permeiam as áreas de trabalho. Foto: Ana Gabriella / Gazeta do Povo.

O faturamento da MadeiraMadeira em 2017 foi de R$ 350 milhões e eles buscam ser “one stop shop”, para que o cliente encontre tudo o que precisa para sua casa no site. Nesta perspectiva há o investimento em novas categorias de produtos, como eletroportáteis, utensílios e têxteis. “Temos um grande investimento em tecnologia, desenvolvemos 15 softwares de forma que seja possível conectar e potencializar ativos que já existem”, explica Robson Privado, diretor de marketing da empresa.

LEIA TAMBÉM

No rol das cidade inteligentes, Curitiba terá conexão direta com o Vale do Silício

Curitiba é celeiro do bom design com reconhecimento internacional

8 recomendações para você