Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Foto: Rodrigo Ramirez/Divulgação
Foto: Rodrigo Ramirez/Divulgação| Foto:

O movimento @juntossomosmaisarq.pr abre neste domingo (17) o primeiro leilão de peças de design da campanha, que ocorre desde o início de abril e tem por objetivo a arrecadação de recursos que são revertidos em cestas básicas destinadas a comunidades carentes da Grande Curitiba.

Siga a HAUS no Instagram!

Cerca de 120 peças, entre mobiliário, itens de iluminação, decoração, telas e esculturas, irão compor os lotes, que têm lances iniciais 40% abaixo do valor de mercado. Todas elas foram doadas por cerca de cem lojistas, galeristas, designers, arquitetos, artistas e demais interessados que contribuíram com a ação, que terá 100% dos valores arrecadados revertidos para a campanha. Entre os itens, que tiveram curadoria de Claudia Baggio, Claudia Pereira, Marcos Soares e Silmara Pimpão, há peças assinadas por nomes consagrados como Jaime Lerner, Juarez Machado e Jader Almeida.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

"Ao adquirir a peça, quem arrematá-la saberá que o valor estará indo para as cestas básicas, ou seja, que estará ajudando [quem necessita]", lembra a arquiteta Elaine Zanon, uma das coordenadoras do projeto junto com os também arquitetos Jayme Bernardo e Jorge Elmor.

Como participar?

O leilão será online e os lances podem ser ofertados até às 16h do próximo dia 31 de maio. Para participar, é necessário se cadastrar no site, onde será possível acompanhar e realizar lances, que irão acrescer R$ 100 ao valor inicial ou ao ofertado pelo participante anterior.

No portal também é possível conhecer todos os lotes à venda e conferir o descritivo das peças, como dimensões e materiais com os quais foram produzidas. A retirada dos produtos ficará a cargo do comprador e será realizada diretamente com a loja, galeria ou profissional que fez a doação.

"Juntos somos +"

O leilão de peças de design é o terceiro braço da campanha no Paraná, que começou há pouco mais de um mês e já arrecadou cerca de R$ 300 mil por meio de doações em dinheiro e leilões de vinhos, que já tiveram três rodadas realizadas.

As doações em dinheiro, inclusive, seguem ativas e podem ser realizadas por meio de depósitos no Bradesco (237), agência 5753, conta-corrente nº 20.861-2. O CPF para a transação é 462.689.369-49. A sugestão é de que seja depositado entre R$ 50 e R$ 65, custo médio de uma cesta básica. Qualquer valor, no entanto, é bem recebido pelo grupo, que conta com uma rede de cerca de 170 profissionais e tem a HAUS, a Associação de Decoração Ponto de Apoio e o Núcleo Paranaense de Decoração como apoiadores.

Todos os valores arrecadados são revertidos em cestas básicas, direcionadas à comunidades carentes definidas conjuntamente com a FAS (Fundação de Ação Social). As entregas são realizadas todos os finais de semana e já somam mais de 61 toneladas de alimentos. Em cada uma delas, mais de 1 mil cestas básicas são entregues pelos voluntários diretamente aos moradores das comunidades.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

"Participo das entregas desde a segunda semana da ação e a sensação é esta: a de você sentir que realmente tem o poder de mudar a vida de outras pessoas, mesmo com um gesto que parece pequeno. É uma sensação muito boa, que preenche um vazio", compartilha o arquiteto Edgard Corsi.

Além dos alimentos, o movimento inclui nas entregas kits de limpeza, máscaras e álcool em gel, que foram acrescidos à campanha graças ao crescimento da rede, que a cada dia conta com doações e com a colaboração de empresas e parceiros, como a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), cujo Departamento de Química realiza a produção do álcool em gel (a partir de doações de matérias-primas, rótulos e embalagens) que é distribuído juntamente com as cestas. Desde o início da pandemia, os voluntários que atuam na universidade já vinham fazendo a doação do produto, necessário à prevenção ao contágio do novo coronavírus, para hospitais da cidade, por exemplo.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

"O grupo tomou uma proporção e [atingiu] números que nem imaginávamos. É muito bom participar deste movimento, ver nossa classe tão unida e sensibilizada com a situação como um todo. Olhar o próximo e se colocar à disposição para servir da maneira que você pode. De saber que a nossa profissão não está na linha de frente, como a Medicina e a Enfermagem, mas que, com vontade e desejo de ajudar, estamos indo para a sexta semana [de campanha], com números bem expressivos", avalia a arquiteta Caroline Bollmann.

"As pessoas têm se doado pelo prazer do que essa doação representa", acrescenta o arquiteto Orlando Ribeiro, ao lembrar que está é uma relação ganha-ganha, que também faz muito bem para quem ajuda, e não só para quem é ajudado. "Outra coisa interessante é que este movimento acabou com aquela diferenciação que [por vezes] havia entre os profissionais [mais voltados ao] design, à decoração e aos projetos de arquitetura", diz ao reforçar a união de todos em torno da causa da solidariedade.

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Conheça todos os profissionais que integram o movimento @juntossomosmaisarq.pr: Adriana Sarnelli, Adriane Savi, Alessandra Ferreira, Alessandra Gandolfi, Ana Crivellaro, Ana Leticia Virmond, Ana Lucia Bochnia, Ana Luisa Furquim, Ana Paula Nauiack, Ana Sikorski, André Bertolucci, Andrea Benthien, Andrea Posonski, Andrei Crestani, Andressa Damiani, Angela Russi, Anamaira Lazzarotto, Anna Amaral, Anna Karolinna Venturi, Antonio Miranda, Beth Egas, Bia Nauiack, Bianca Decker, Bianca Yumi, Bruna Caldat, Bruna Souza Caique, Camila Bruzamolin, Camille Scopel, Carla Costa, Carla Grudtner, Carla Kiss, Carla Ribas, Caroline Andrusko, Caroline Bollmann, Caroline Zonatto, Celso Germano, Clarice Volpi, Claudia Baggio, Carla Caramori, Claudia Horta, Claudia Machado, Claudia Novak, Claudia Pereira, Daiane Moraes, Dalton Vidotti, Daniela Barranco, Daniela Cerbatto, Daniela Morales, Daniele Viesser, Debora Nicolau, Deisy Cruz, Denis Ricca, Denise Rosa Rampazzo, Edgard Corsi, Ediane Tramujas, Eduardo Mourão, Elaine Zanon, Eliana Franklin, Elke Fadel, Fabia Teixeira, Fabiana Rodrigues Strass, Fausto Cintra, Fernanda Borio, Fernanda Cassou, Flávia Florenzano, Flávio Egydio de Carvalho, Francisca Cury, Gabi Caldas, Gabriela Casagrande, Gislaine Bezerra, Gisele Pinna, Giuliano Marchiorato, Givago Ferentz, Guilherme Belotto, Guilherme Bez, Gustavo Pinto, Gustavo Scaramella, Helaine Pinterich, Helo Trindade, Heloisa Helena Valente Santos, Isadora Brzezinski, Isis Virmond, Ivangela Curra, Jane Rocha, Jackeline Polese, Jaqueline Siebert, Javier Godinho, Jayme Bernardo, Jocymara Nicolau, Jordana de Fraga, Jorge Elmor, Juliana Lahoz, Juliana Meda, Juliana Medeiros, Karen Camilotti, Karol Venturi, Katherine Heim Weber, Katia Costa, Keiro Yamawaki, Leonardo Hauer, Leonardo Muller, Lia Meger, Luciano Franzoni, Luiz Maingue, Luize Andreazza, Marcelo Lopes, Marcos Bertoldi, Marcos Soares, Margareth Menezes, Maria Celeste Pimentel, Maria Fernanda Lorusso, Mariana Paula Souza, Mariana Saltini, Mariana Stockler, Marlene Ricci, Maximiliano Scalderari, Mayara Giovannetti, Melissa Afonso, Monica Pajewski, Murilo Rehder, Nadya Badotti, Nelson Machado, Nicolle Nogueira, Orlando Ribeiro, Patricia Fouani, Patricia Schause, Patricia Zat, Paula Morais, Paulo Peruzzo, Pedro Silveira, Priscila Jansen, Priscila Muller, Rafael Carvalho, Rafael Gimenez, Renata Fraidg, Renata McCartney, Renata Sguario, Ricardo Amaral, Roberto Amaral, Rodrigo Freire, Rodrigo Garcia, Rodrigo Heineberg, Ronaldo Belló, Rosa Daledone, Roseane Marques, Sabrina Becker, Sabrina Slompo, Shima, Silmara Pimpão, Silvia Franzoni, Stofela, Suelen Parizotto, Sumara Bottazzari, Suzane Simon, Suzi Samways, Tainah Paiva, Teresinha Homem de Mello, Thaisa Bohrer, Talita Nogueira, Thais Francoski, Thiago Tanaka, Vânia Toledo, Vitor Dentello, Viviane Busch, Walkiria Nossol, Wilson Pinto, Yara Mendes, Yvone Miyamura.


Conteúdo editado por:Luan Galani
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]