Mostra de decoração em Curitiba vai explorar os 5 sentidos

Com o tema "5 senses", 30 profissionais prometem provocar os sentidos dos visitantes em ambientes exclusivos na Artefacto Curitiba

por HAUS

16/04/2019

compartilhe

A Mostra Artefacto Curitiba 2019 já tem sua seleção de nomes escolhidos. Dessa vez serão 20 ambientes assinados por 30 profissionais. O tema da edição é “5 senses”, um exercício de olhar para dentro de si e de se compreender primeiro, para somente depois entender o resto do mundo.

“É quase um sixth sense, que aponta para o fato de que nunca vivemos tão interconectados, nem a comunicação se deu em tempo tão real”, explica o CEO da marca, Paulo Bacchi. Para ele, os sentidos definem as experiências que temos na vida e as memórias que carregamos.

“Algumas são lembranças visuais, como recortes de um vídeo; outras podem ser engatilhadas por aromas que nos colocam em transe – ou pode ser uma música que te faz sorrir/chorar; talvez um sabor inesquecível de uma viagem; ou, com sorte, o abraço de quem te ama. As personas e suas interações consigo próprias, com os outros e com o planeta vão assumir o protagonismo nos ambientes inspiradores assinados por grandes profissionais.”

>>> Vitra apresenta primeira TV transparente do mundo

Novo lançamento da Artefacto são mesas de granilite a partir de vidro reciclado, com estruturas metálicas mínimas, em contraste com o tampo volumoso e de diferentes alturas. Foto: Divulgação

Confira quais são os 30 profissionais convidados para a mostra:

  • Ana Carolina Sikorski e Kátia Monteiro
  • André Bertoluci
  • Angela Russi
  • Caroline Bollmann
  • Cláudia Horta e Edson Velo
  • Cymara e Camila Largura e Jacy Ebrahim
  • Diego Francesquini
  • Elaine Zanon e Claudia Machado
  • Eliza Schuchovski
  • Gisele Busmayer, Carolina Reis e William Toledo
  • Ivan Wodzinsky
  • Jayme Bernardo e Glei Tomazi
  • Jocymara Nicolau e Andrea Posonski
  • Juliana Meda
  • Margit Soares
  • Olga Bergamini e Karin Neitzke
  • Priscilla Mueller
  • Suelen Parizotto
  • Talita Nogueira
  • Viviane Loyola

LEIA TAMBÉM

Entenda o que se perdeu no incêndio da Catedral de Notre-Dame em Paris

Rosácea do Meio-Dia, principal vitral da Notre-Dame, manteve-se preservado após incêndio

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você