Projeto para “Portão do Inferno” prevê passarela transparente sobre precipício e mirante

Proposta de R$ 2 milhões ainda precisa passar pelo crivo dos órgãos responsáveis do Mato Grosso

Imagem: YouTube/Reprodução

por Gazeta do Povo

23/10/2019

compartilhe

O turístico Portão do Inferno, localizado na Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), entre a Chapada dos Guimarães e Cuiabá, no Mato Grosso, pode ganhar um complexo com passarela transparente e mirante sobre o precipício.

O custo inicial da obra é de R$ 2 milhões para mais de 1,4 mil m² de área construída. Porém, a Secretaria de Turismo de Mato Grosso ressalta que, por enquanto, esse é apenas um estudo, e não o projeto final. Reforça ainda a proposta precisa passar pela aprovação de diversos órgãos, que irão avaliar o impacto da construção.

O estudo em fase inicial prevê também estacionamento, ponto de ônibus, restaurante e área de lazer.

Porém, a revitalização do Portão do Inferno vem sendo discutida há dois anos, quando a Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) e lideranças políticas encomendaram um projeto de contemplação para o local.

Imagem: YouTube/Reprodução

Na época, o projeto foi concebido pela arquiteta Roberta Campos, da AMM, que elaborou 245 metros lineares de passarelas com extrema permeabilidade visual e respeito à paisagem natural.

Porém, em 2017, o projeto não foi para frente e recebeu algumas negativas dos órgãos ambientais, especialmente sobre o estudo para um restaurante na região.

Agora é esperar para ver se a nova proposta vai sair do papel.

LEIA TAMBÉM

Morre Ingo Maurer, o gênio das luminárias incríveis

Os 7 melhores projetos brasileiros de arquitetura de 2019

Banksy abre loja online com produtos a partir de R$ 50 e “curadoria de compradores”

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você