Projeto propõe instalação de cuia de chimarrão gigante na orla do Guaíba

A proposta quer substituir a roda gigante, já confirmada para o trecho 2 da orla do Guaíba, em Porto Alegre

Imagem: Itamar Nogueira/Divulgação

por Luan Galani

19/09/2019

compartilhe

Porto Alegre pode vir a receber um edifício em formato de cuia de chimarrão gigante. A proposta visa substituir a instalação da roda gigante, que já foi confirmada para o trecho 2 da orla do Guaíba. A ideia é do designer de produto gaúcho Itamar Nogueira, 68 anos, com experiência de quem já lidou com a construção de pontes e barragens em diversas áreas do Brasil.

“A roda gigante é um elemento da cultura inglesa, inspirado na icônica London Eye. Seria mais proveitoso para o espaço ter uma arquitetura monumental tradicional, que valorizasse a cultura gaúcha”, defende. Segundo o estudo desenvolvido pelo profissional, da base estrutural até o alto da bomba, onde haveria um mirante com vista panorâmica de Porto Alegre, seriam 250 metros de altura. A informação inicial foi publicada pelo Jornal do Comércio (RS).

Imagem: Itamar Nogueira/Divulgação

O prédio de oito metros de diâmetro abrigaria um complexo multicultural com lojas, museu, garagem, biblioteca e até um cinema 360º. De acordo com Nogueira, suas inspirações foram as obras expressivas de Oscar Niemeyer (1907-2012), Santiago Calatrava (1951-) e Jaime Lerner (1937-), apesar de reconhecer que a proposta “entra um pouco em choque” com as linguagens desses arquitetos.

“A base teria quatro patas estruturais e o corpo do edifício seria espelhado, com uma película, para evitar o aquecimento solar”, explica Nogueira. O projeto prevê um total de 16 elevadores conectando a base até o corpo e o corpo até o mirante (pela bomba).

Imagem: Itamar Nogueira/Divulgação

O investimento estimado é de R$ 100 milhões, mas a ideia ainda não foi oficialmente apresentada a Prefeitura de Porto Alegre. Atualmente Nogueira está à procura de empresas interessadas no desenvolvimento e implantação do projeto.

Imagem: Itamar Nogueira/Divulgação

O primeiro trecho da orla do Guaíba, de 1,3 km, foi finalizado ano passado com projeto do escritório Jaime Lerner Arquitetos Associados (JLAA) e desenvolvimento da curitibana Grifo Arquitetura. O espaço conta com “chão de estrelas”, restaurante panorâmico sobre o lago e arquibancadas contínuas.

LEIA TAMBÉM:

Balneário Camboriú receberá primeiro residencial de luxo da Lamborghini no Brasil

Justiça proíbe demolição da antiga fábrica da Cervejaria Polar

Jaime Lerner é eleito 2º maior urbanista do mundo

Complexo de prédios abandonados de Niemeyer vai virar centro tecnológico

Conheça a mulher que comanda a marca de design brasileiro mais influente do mundo

Justiça libera construção da maior roda-gigante da América do Sul em Balneário Camboriú

 

Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você