i

O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.

Fechar
A matéria que você está lendo agora+0
Informação faz parte do exercício da cidadania. Aqui você vê quanto está bem informado sobre o que acontece no governo federal.
Que tal saber mais sobre esse assunto?
Regeneração Urbana

Escritório italiano projeta bairro preparado para pandemias e emergências climáticas

  • PorLuciane Belin, especial para Haus
  • 09/06/2020 14:08
Foto: Stefano Boeri Architetti
Foto: Stefano Boeri Architetti| Foto:

Já é possível pensar nas cidades pós-pandemia de Covid-19? O estúdio do renomado arquiteto italiano Stefano Boeri formou parceria com o escritório de arquitetura SON-Group para desenvolver o projeto de um distrito inteiro que olha para o mundo depois do coronavírus.

Siga HAUS no Instagram!

O Tirana Riverside fica na capital da Albânia, a cidade de Tirana, e poderá abrigar 12 mil residentes em uma área pública próxima ao rio de mesmo nome.

Foto: Stefano Boeri Architetti
Foto: Stefano Boeri Architetti

Se, antes, os projetos buscavam integração, inovação e sustentabilidade, os novos desenhos urbanos em um mundo que ainda está começando a pensar em sair do isolamento social precisa ser resiliente às novas necessidades criadas pela pandemia.

Por isso, o bairro verde de 29 hectares comporta diversas tecnologias compatíveis com uma cidade inteligente, mas também incorpora requisitos de saúde necessários para enfrentar de novas pandemias a emergências sísmicas.

Os edifícios residenciais foram pensados como espaços nos quais os moradores tenham a possibilidade de se isolar, caso necessário, sem precisar ficar longe do verde e, ao mesmo tempo, sentindo-se próximos da comunidade à sua volta. Todos têm sacadas com floreiras e jardins nos telhados, oferecendo uma grande gama de espaços verdes coletivos, mas que não configurem aglomeração.

Os jardins nos telhados estão entre os destaques do projeto: coletivos, mas não necessariamente públicos. Foto: Stefano Boeri Architetti
Os jardins nos telhados estão entre os destaques do projeto: coletivos, mas não necessariamente públicos. Foto: Stefano Boeri Architetti

Ao longo de uma espinha dorsal verde e ladeada pelas águas do rio Tirana, a área de regeneração urbana tem uma proposta de mobilidade que incentiva a circulação de pedestres e ciclistas, integrando áreas comerciais e residenciais, com quadras esportivas e áreas de lazer externas, enfatizando a acessibilidade.

Convivência em comunidade

Definido pelo arquiteto como um bairro policêntrico,  Tirana Riverside sugere a distribuição dos principais serviços públicos em torno de três núcleos, todos à uma distância que pode ser percorrida a pé, contribuindo para a baixa emissão de poluentes.

Policêntrico, Tirana Riverside quer que tudo esteja ao alcance dos moradores a uma distância possível de ser percorrida a pé. Foto: Stefano Boeri Architetti
Policêntrico, Tirana Riverside quer que tudo esteja ao alcance dos moradores a uma distância possível de ser percorrida a pé. Foto: Stefano Boeri Architetti

O projeto contempla ainda a inclusão de prédios administrativos, uma escola e um centro universitário. Seu plano diretor contempla edifícios individuais e a prática de agricultura e agroecologia urbana, incentivando a reativação da economia de pequenas e médias empresas albanesas.

Nostálgico, o projeto resgata antigos valores comunitários, com o incentivo ao convívio, à troca e ao contato com a terra e a natureza. Ao mesmo tempo, emprega conceitos contemporâneos de sustentabilidade, com o uso de telhados verdes, painéis solares e captação da água da chuva.

Um retorno à convivência comunitária, à presença dos animais e do verde. Foto: Stefano Boeri Architetti
Um retorno à convivência comunitária, à presença dos animais e do verde. Foto: Stefano Boeri Architetti

O uso de estruturas pré-fabricadas em madeira permite rapidez de construção e permite gerar um círculo para o monitoramento do desmatamento e reflorestamento, produção sustentável e redução de resíduos.

Outro destaque do projeto do Tirana Riverside é o aproveitamento do rio para geração de biomas adequados para vivência de espécies silvestres não-domésticas. Assim como o contingente populacional humano, a área tem capacidade também para abrigar 12 mil plantas, em mais de cem espécies nativas diferentes, que habitarão os 15 hectares de superfícies verdes.

4 COMENTÁRIOSDeixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]

Receba Nossas Notícias

Receba nossas newsletters

Ao se cadastrar em nossas newsletters, você concorda com os nossos Termos de Uso.

Receba nossas notícias no celular

WhatsApp: As regras de privacidade dos grupos são definidas pelo WhatsApp. Ao entrar, seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.

Comentários [ 4 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.

  • M

    Marcus Pinheiro Machado

    ± 0 minutos

    povo marcado ,povo feliz

    Denunciar abuso

    A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

    Qual é o problema nesse comentário?

    Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

    Confira os Termos de Uso

    • M

      Marcos Ctba

      ± 1 horas

      Tem de fazer um rastreamento do Virus Chinês qdo entram no País, fazer teste de soro, aí sim da para evitar entrada das doenças. Isso pode valer para qualquer país.

      Denunciar abuso

      A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

      Qual é o problema nesse comentário?

      Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

      Confira os Termos de Uso

      • R

        Rubens Farias

        ± 2 horas

        Gostaria de saber onde está a inovação?

        Denunciar abuso

        A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

        Qual é o problema nesse comentário?

        Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

        Confira os Termos de Uso

        • C

          CLEUSA

          ± 18 horas

          Uma medida a ser tomada por qualquer engenheiro/urbanista deveria ser a questão acústica em qualquer construção! Chega de paredes casca de ovos!!! ão interessa se é projetada pra classe B, C ou D, todos merecem paz e sossego em casa!

          Denunciar abuso

          A sua denúncia nos ajuda a melhorar a comunidade.

          Qual é o problema nesse comentário?

          Obrigado! Um moderador da comunidade foi avisado sobre a denúncia. Iremos avaliar se existe alguma violação aos Termos de Uso e tomar as medidas necessárias.

          Confira os Termos de Uso

          Fim dos comentários.