Reformado, prédio do antigo supermercado das Bandeiras no Batel será empório gastronômico

A esquina da Avenida do Batel com a Francisco Rocha guarda um imóvel discreto, mas importante para o conjunto arquitetônico da rua,...

Com projeto de Rubens Meister, o endereço na esquina da Avenida Batel com a Francisco Rocha ficou marcado por anos com o funcionamento do Supermercado das Bandeiras. Agora ganhará um novo empreendimento: o Bee. O. Imagens: Divulgação

por Daliane Nogueira

21/12/2017

compartilhe

A esquina da Avenida do Batel com a Francisco Rocha guarda um imóvel discreto, mas importante para o conjunto arquitetônico da rua, especialmente considerando a história das construções da região. O prédio, construído em 1967 com projeto de Rubens Meister — engenheiro que marcou o nome na história de Curitiba com projetos como o Teatro Guaíra, a Rodoferroviária e o Centro Politécnico –, e que por vários anos abrigou uma unidade do supermercado das Bandeiras (Lembrasul Supermercados), passou anos abandonado, foi arrematado em um leilão em 2014 e há cerca de 14 meses vem ganhando nova vida.

Estrutura metálica permitiu um segundo andar no prédio reformado por Jayme Bernardo.

Estrutura metálica permitiu um segundo andar no prédio reformado por Jayme Bernardo.

O projeto de reforma é do arquiteto Jayme Bernardo e vai respeitar a essência do projeto de Meister, com atualizações que permitirão a inclusão de um segundo piso. “Foi uma surpresa grande quando tivemos acesso ao projeto original e atestamos a autoria de Meister, não tivemos dúvida de que era necessário manter o legado de alguma forma. O ritmo e o desenho dos pilares em tijolos tem sua assinatura e este detalhe fizemos questão de preservar e evidenciar. Optamos pela estrutura metálica paralela a original e com isto mantivemos os tijolos maciços sem sacrifica-los com o peso de um andar adicional”, explica o profissional.

O empreendimento que será instalado no local se chamará Bee.O e segue o conceito de mercado empório com uma seleção de produtos fabricados em Curitiba e região, além de contar com produtos importados como massas e vinhos. Terá ainda um café e bistrô com um cardápio quer inclui brunchs e pratos a la carte. “Projetamos um ambiente bastante despojado e ao mesmo tempo refinado nos detalhes, na iluminação e na forma de apresentar os produtos. Optamos também por uma fachada neutra com um delicado desenho que remete a colmeia do conceito Bee (abelha, em inglês)”, completa Bernardo. O volume revestido em chapas repousa sobre uma base envidraçada e transparente que permite ao público contemplar o espaço antes mesmo de conhecer o interior.

Interior contará com empório e área de café bistrô.

Interior contará com empório e área de café bistrô.

Para o arquiteto Fábio Domingos Batista, estudioso da obra de Meister e que está organizando um livro sobre o trabalho do engenheiro, o antigo edifício reflete alguns conceitos projetuais do engenheiro, como a modulação da fachada. “Era um edifício com sensibilidade arquitetônica adequado à escala da Avenida Batel na década de 1960, mas não é o edifício mais significativo do Meister. Resgatar o antigo uso, com um super mercado atualizado, é também uma forma de preservar a memória urbana do local”, opina.

O autor do projeto de reforma completa a ideia explicando que a obra recuperou a área degradada e devolve-a para cidade de uma forma renovada e segura. “Não posso deixar de lembrar que há uma árvore emblemática no local que contribui para a integração com a paisagem. Mantê-la foi uma decisão que trouxe benefício tanto para os novos usuários do Bee.O quanto para os pedestres”, finaliza.

LEIA TAMBÉM


Receba nossas notícias por e-mail

Inscreva-se em nossas newsletters e leia em
seu e-mail os conteúdos de que você mais
gosta. É fácil e grátis.

Quero receber

8 recomendações para você