Como você se sentiu com essa matéria?

  • Carregando...
Museu do Amanhã, com projeto do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, é uma das obras icônicas do Rio de Janeiro.
Museu do Amanhã, com projeto do arquiteto espanhol Santiago Calatrava, é uma das obras icônicas do Rio de Janeiro.| Foto: Bigstock

Após um ano de adiamento devido às restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, o 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIA2021RIO) terá início neste domingo (18) com extensa programação. Além da mudança na agenda, a emergência sanitária fará com que, pela primeira vez em 70 anos de sua realização, o evento aconteça de forma 100% digital.

As transmissões serão realizadas em cinco idiomas (português, inglês, espanhol, francês e mandarim) para que congressistas de todos os continentes possam acompanhar as mesas-redondas e palestras com mais de cem dos nomes mais influentes da arquitetura mundial na atualidade. Entre eles estão, por exemplo, os arquitetos Francis Kéré (Burkina Faso), Elizabeth de Portzamparc (Brasil/França), Eduardo Souto de Moura (Portugal), Tatiana Bilbao (México), Solano Benítez (Paraguai), Zhang Li (China), Carla Juaçaba (Brasil), Anna Heringer (Alemanha), Francine Houben (Holanda) e Studio Mumbai (Índia), para citar alguns.

Siga a HAUS no Instagram

"A transformação do UIA2021RIO em um evento virtual implicou em uma surpresa enorme, porque adquiriu uma dimensão maior do que imaginávamos, com a participação de indivíduos de todos os continentes e um enriquecimento da programação. O Rio se beneficia disso porque se oferece para o mundo todo como local de debates de questões relevantes no século, principalmente com o desafio de discutirmos as cidades pós-pandemia", avalia em nota o arquiteto Sérgio Magalhães, Presidente do Comitê Executivo do UIA2021RIO, ao lembrar a escolha da cidade do Rio de Janeiro como sede do evento.

"E o Brasil, que tem 85% da sua população morando em cidades, enfrenta problemas urbanos muito relevantes e há de se beneficiar pela experiência que será trocada com profissionais no mundo todo, incluindo não só arquitetos, mas pensadores, representantes da sociedade civil e políticos",

A eleição, anunciada em janeiro de 2019, fez com que a capital fluminense recebesse o título de primeira Capital Mundial da Arquitetura, concedido pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) e pela UIA (União Internacional de Arquitetos ), devido ao conjunto de sua eclética coleção de marcos arquitetônicos e belezas naturais em um centro urbano.

Alguns dos prestigiados profissionais com presença confirmada no UIA2021RIO.
Alguns dos prestigiados profissionais com presença confirmada no UIA2021RIO. | UIA2021RIO/Reprodução

Programação

A cerimônia de abertura está marcada para às 8h30 deste domingo (18) e contará com a presença de autoridades como o prefeito e o governador do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e Cláudio Castro, respectivamente; o presidente da União Internacional de Arquitetos (UIA), Thomas Vonier; e a diretora-geral da UNESCO, Audrey Azoulay, entre outras.

Também na manhã de domingo (18) será realizada uma mesa-redonda em homenagem ao arquiteto e urbanista brasileiro Paulo Mendes da Rocha, falecido em maio deste ano, que era o presidente do Comitê de Honra do UIA2021RIO. Vencedor do Pritzker, considerado o Oscar da arquitetura, Paulo também foi laureado com o Leão de Ouro da Bienal de Veneza, a Medalha de Ouro Real do Royal Institute of British Architects (Riba), o Prêmio Imperial do Japão, o Prêmio Mies van der Rohe, entre outros.

Os debates (architalks), mesas-redondas, palestras, exposições, premiações e a feira seguem até o próximo dia 22 de julho, sempre no formato digital. A programação completa pode ser acessada aqui.

"Estamos realizando esse amplo debate no momento em que mais precisamos reinventar as nossas cidades e o alcance disso é impressionante, com representatividade, tamanho e público nunca atingidos nesses mais de 70 anos de Congressos Mundiais de Arquitetos", constata em nota Igor de Vetyemy, Comissário Geral do UIA2021RIO e Co-Presidente do Departamento do Rio de Janeiro do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB/RJ), ao comentar sobre o número de inscritos e também o público de cerca de 90 mil pessoas, de mais de 180 países, que vêm acompanhando os painéis preparatórios realizados mensalmente desde março deste ano.

Cidade-sede do evento, o Rio de Janeiro foi eleito a primeira Capital Mundial da Arquitetura pela Unesco e pela UIA, em 2019.
Cidade-sede do evento, o Rio de Janeiro foi eleito a primeira Capital Mundial da Arquitetura pela Unesco e pela UIA, em 2019.

Carta do Rio

Ainda dentro da programação principal do evento, está prevista a consolidação e apresentação da Carta do Rio, um documento que deverá se tornar referência para a arquitetura e o urbanismo mundiais e uma espécie de manifesto dos profissionais da área. O documento trará proposições para as cidades do século 21 a partir das diretrizes expressas pela ONU (Organização das Nações Unidas), pela ONU Habitat e pela Unesco no que se refere aos Objetivos do Milênio e à Nova Agenda Urbana.

As inscrições para o UIA2021RIO estão abertas e podem ser realizada no site oficial do evento. E você poderá acompanhar todas as discussões e novidades também aqui pela HAUS, que fará a cobertura de todos os dias do Congresso Mundial de Arquitetos.

Conteúdo editado por:Luan Galani
Deixe sua opinião
Use este espaço apenas para a comunicação de erros
Máximo de 700 caracteres [0]